terça-feira, 14 de julho de 2020

Nova regra pode levar a extinção dos “candidatos oficiais” das igrejas



  Atualmente a legislação brasileira prevê o abuso de poder econômico e o abuso de poder político como crimes que podem levar um indivíduo a perder o mandato depois de eleito. Entretanto, uma nova regra está prestes a ser inclusa, e já está causando a maior polêmica: é o “abuso de poder religioso.”

Se aprovada pelo TSE, o candidato que foi beneficiado por discursos de um pastor ou padre, por exemplo, ao longo da campanha, pode sofrer um processo que pode levar a perda do mandato depois de eleito.

Na última eleição houve relatos de pastores candidatos que se reuniram com outros pastores para criar uma rede de influência nas igrejas, direcionando votos.

Fuxico Gospel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...