quinta-feira, 17 de outubro de 2019

PM prende um dos assassinos de pastor no Rio de Janeiro



Uma tentativa de assalto terminou com a morte do pastor evangélico Nelsinei Badini Alvim, de 47 anos, na noite de terça-feira (15), em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. O líder religioso estava a caminho de casa, na Rua Osvaldo Aranha, no bairro Amendoeira, quando teve o carro cercado por um grupo armado. Um dos autores do crime foi preso em flagrante e o outro já foi identificado e é procurado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI).

Segundo a PM, o pastor foi rendido por criminosos e entregou o veículo mas, mesmo assim, foi baleado. Ele estava acompanhado da esposa e da filha. Os bandidos fugiram em seguida. O pastor Ney, como era conhecido, chegou a ser socorrido para o Hospital Estadual Alberto Torres, no bairro Colubandê, também em São Gonçalo. Segundo a direção da unidade hospitalar, ele foi atingido na axila e não resistiu.

O religioso fazia parte do grupo de pastores da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, Ministério Águas do Trono, no bairro Boaçu. Nas redes sociais, membros da igreja lamentaram a morte do pastor.

"Pastor Ney foi assaltado e, depois de levarem tudo, o assassinaram covardemente com tiro pelas costas. Nossas condolências à família e igreja. Que o Deus Espírito Santo console todos nós", disse um fiel.

Em nota, a Polícia Militar informou que um dos criminosos que matou o pastor foi preso momentos após o crime. Na fuga, Wanderson Leonardo Pires Machado acabou batendo com o carro roubado em outro veículo e foi preso em flagrante. A arma usada no assassinato, que o preso chegou a jogar em um matagal, foi encontrada pelos policiais. Equipes da DHNSGI estão realizando diligências para localizar e prender o outro envolvido no crime, já identificado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...