domingo, 13 de janeiro de 2019

Bolsonaro foi o “mais improvável dos homens” que Deus levantou na presidência, diz ministro



O ministro-chefe da Casa Civil recapitulou o trabalho do governo para compor os ministérios, sem negociar cargos com partidos com representantes no Congresso, e afirmou que a determinação do presidente em “criar uma nova lógica” mostra que ele foi “levantado por Deus” para cuidar do país.

“O governo Bolsonaro vai trabalhar pelo exemplo”, afirmou Lorenzoni durante uma entrevista. O ministro acrescentou que há um compromisso firme com a transparência, já que a equipe de Bolsonaro tem em mente o “recado das urnas” em relação às velhas práticas da política.


“Eu digo sempre que Deus levantou o mais improvável dos homens para ser presidente do Brasil e a sociedade deu apoio a ele porque viu nele a condição de mudar o que não quer mais no país”, avaliou Lorenzoni na entrevista à Rádio Gaúcha.

Lorenzoni foi amplamente questionado pelos jornalistas da emissora do Rio Grande do Sul sobre a distribuição de cargos em escalões menores, em troca de apoio na votação de projetos prioritários, e o ministro enfatizou que Bolsonaro quer o fim do “toma lá, dá cá”: “Ao longo dos anos esses lugares eram dados e usados para operações que eram desvio de dinheiro público. E isso não vai ter no governo Bolsonaro. Estamos criando um novo mecanismo que não existe, uma nova lógica de relacionamento”, pontuou.

Notícias Gospel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...