segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Igreja “Testemunhas de Jeová” promete processar advogado do homem que agrediu Bolsonaro



A assessoria jurídica da igreja testemunhas de Jeová está se preparando para ingressar hoje na justiça, contra um dos advogados de Adélio de Oliveira Bispo, o homem que esfaqueou o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), na última Quinta-Feira (06), durante um evento em Juiz de Fora (MG).

A igreja pretende que o advogado criminalista Zanone Oliveira Junior, explique o fato de haver insinuado que ele, e mais três advogados, estão sendo pagos por alguém ligado a essa denominação. A notícia foi publicada pelo Estadão, e revela que a igreja tenta falar com o advogado desde que trouxe à tona essa informação, a fim de descobrir que seria esse financiador que se diz membro das Testemunhas de Jeová, mas ele simplesmente não está sendo encontrado pela assessoria.

O mesmo site que publicou a matéria, revelou que a igreja chegou a publicar uma nota, para informar que o agressor de Bolsonaro ou qualquer outro membro de sua família, não possui vínculos com a igreja. Via assessoria, eles abominaram a agressão contra o presidenciável e prometem buscar na justiça a reparação do desgaste à sua imagem.

Depois de afirmar categoricamente que o homem que está financiando os advogados é membro das Testemunhas de Jeová, agora, Zanone parece querer mudar seu discurso. Ele foi procurado depois da repercussão do caso, mas agora, diz apenas que – É uma pessoa que conhece o Adélio do meio evangélico.

O advogado optou por tergiversar sobre o que havia dito em relação à igreja, e volta a manter segredo sobre quem está pagando aos quatro advogados.

Fuxico Gospel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...