segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Após 63 anos, CGADB marca AGO para Belém do Pará; criação do Tribunal de Ética e Disciplina está na pauta



A Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) publicou o edital de convocação para a Assembleia Geral Extraordinária (AGO) que acontecerá nos dias 9 e 10 de abril de 2019 na cidade de Belém do Pará.

Entre os assuntos tratados, está a reforma de diversos artigos do Estatuto Social da convenção e a ainda a criação do Tribunal de Ética e Disciplina. A tendência é que a CGADB endureça contra possíveis rebeldes dentro da entidade.

Outros temas tratados durante a AGO serão a homologação de registros de Convenções Estaduais; o posicionamento da CGADB quanto a união estável; o estabelecimento de critérios mínimos e padronizados para a ordenação de Ministros das Convenções afiliadas; entre outros.

O encontro será realizado nas instalações da Convenção Interestadual de Ministros
e Igrejas Evangélicas Assembleia de Deus no Pará (COMIEADEPA), presidida pelo pastor Gilberto Marques.

Samuel Câmara alfineta CGADB

No último dia 16 de junho durante a abertura da Assembleia Geral da CAD em Belém, o líder assembleiano alfinetou indiretamente à CGADB, ao afirmar que há 63 anos não acontecia uma convenção assembleiana:

Pastor Samuel Câmara

“Nós estamos aqui na cidade de Belém do Pará, onde nasceu a Assembleia de Deus, e nós estamos aqui retomando uma história extraordinária. Pra vocês terem ideia, há 63 anos e 107 anos da Assembleia de Deus, que a cidade de Belém do Pará não é escolhida para ter uma Assembleia Convencional. Há 63 anos, a região norte, onde nasceu a Assembleia de Deus, e logicamente, de onde a força, os trabalhos, os missionários foram, não tinham o direito de receber seus filhos amados”, disse Câmara na ocasião.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...