quarta-feira, 11 de julho de 2018

Silas Malafaia rebate críticas após segurança de sua igreja agredir mendigo

O pastor Silas Malafaia usou seu canal do Youtube para rebater críticas sobre o modo como ele e sua igreja tratam moradores de rua.
No vídeo divulgado nesta terça-feira (10), ele fala sobre um vídeo de câmera de segurança que flagrou um segurança da sua igreja agredindo um mendigo.
Malafaia se defende afirmando que a igreja não impede a entrada de moradores de rua. Para ele, o erro foi do segurança na entrada da igreja e que ele não estava na igreja na hora que incidente ocorreu e mesmo se estivesse, não teria como impedir o ocorrido do lado de fora da igreja.
“Nós contratamos policiais militares para cuidar dos carros que param em frente à igreja. Tinha assalto à mão armada, roubo de carro e acabamos com a festa. A ordem que nós damos é que pessoas com “bugigangas” e coisas que a gente não sabe o que são entrem na igreja. Veio um cara mendigo com um carrinho e queria entrar com a “bugiganga”. O policial disse que a “bugiganga” não entra, só podia entrar ele. Aí que começa o erro do policial. Ele pegou o carrinho, levou para o outro lado da rua, dá um empurrão no cara. Que história é essa? Claro que é uma situação errada!”, descreveu.
Malafaia aproveitou para mostrar o seu trabalho social, o Lar Amor Maior, que trabalha com a recuperação de mendigos.
“Você acha que se eu odiasse mendigos, eu estaria recuperando? Eu tô só mostrando que nós reprovamos esta atitude do policial, porque ele não recebe esta instrução”, afirmou Malafaia.
O pastor ainda declarou que as críticas foram feitas por pessoas contrárias à igreja e a ele. Ele relatou ainda que o mendigo agredido voltou à igreja e aceitou a Jesus.
“Os inescrupulosos, os aproveitadores, aqueles que nos odeiam… Gente que não tem caráter, ética, quer usar isso para tentar me atacar como se a igreja da qual eu sou pastor impedisse pessoas de mendicância de entrar. A minha igreja está aberta para todos”, afirmou.
Assista:
Fonte: Pleno News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...