segunda-feira, 23 de julho de 2018

Proposta pela Vereadora Carla Dickson LEI institui semana de prevenção ao câncer de boca e garganta



O chefe do executivo municipal sancionou a LEI N/6.832/18 que institui uma semana inteira de prevenção e combate a doenças que causam o câncer de boca e garganta , a lei foi publicada no Diário Oficial do Município desta quarta-feira (11). Com isso serão realizadas palestras para alertar sobre os riscos e cuidados com a doença, assim como atendimentos direcionados ao tema.



A Vereadora Carla Dickson (PROS) autora da lei, destacou a importância da sanção e ressaltou que em 2025 o número de casos de câncer de boca e garganta pode ultrapassar os casos de câncer de colo uterino.



"São dados alarmantes da otorrinolaringologia provocados pelo sexo oral não protegido que transmite o vírus HPV, por isso precisamos discutir e trazer à tona a importância da vacinação contra o HPV, assim como levantar as causas do câncer de garganta e boca", ressaltou.



O trabalho de prevenção vai contribuir para detecção de casos, assim como a cura.


"Essa é uma lei de caráter preventivo e como médica, acredito que a prevenção e a educação são a base de tudo, portanto no mês de novembro, que é um mês recheado de prevenção, em relação ao câncer de próstata, nós também conversaremos sobre o câncer de boca e garganta", ressaltou Carla Dickson.


Causas

O fumo e o álcool são os principais fatores de risco para o desenvolvimento do câncer da boca e garganta. Pessoas que fumam e consomem bebidas alcoólicas excessivamente têm um risco ainda maior de desenvolver o câncer. O risco aumenta quanto maior for o número de cigarros e de doses de bebidas consumidos.

Fatores de risco


A falta de higiene bucal e uma alimentação pobre em vitaminas e minerais, principalmente em vitamina C são os principais fatores de risco. A exposição excessiva ao sol também pode aumentar o risco de desenvolvimento do câncer dos lábios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...