segunda-feira, 18 de junho de 2018

Pastor Samuel Câmara alfineta CGADB durante abertura convencional da CADB


Neste sábado (16) foi realizado a comemoração pelos 107 anos da Igreja Assembleia de Deus no Brasil e conjuntamente a 1ª Convenção da Assembleia de Deus no Brasil (CADB), presidida pelo pastor Samuel Câmara, que rompeu com a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), em 2017, após vários embates nos tribunais, nas urnas e decidiu criar a própria convenção.


Na abertura, o líder assembleiano alfinetou indiretamente à CGADB, ao afirmar que há 63 anos não acontecia uma convenção assembleiana: “Nós estamos aqui na cidade de Belém do Pará, onde nasceu a Assembleia de Deus, e nós estamos aqui retomando uma história extraordinária. Pra vocês terem ideia, há 63 anos e 107 anos da Assembleia de Deus, que a cidade de Belém do Pará não é escolhida para ter uma Assembleia Convencional. Há 63 anos, a região norte, onde nasceu a Assembleia de Deus, e logicamente, de onde a força, os trabalhos, os missionários foram, não tinham o direito de receber seus filhos amados”, disse Câmara na ocasião.

Pastor Samuel Câmara fez questão de ressaltar aos presentes que a convenção terá sempre como objetivo resgatar a história da igreja.

A Assembleia Convencional começou na manhã do sábado com a encenação da chegada dos missionários suecos que foram os fundadores da Assembleia de Deus no Brasil. As reuniões seguem até a noite desta segunda (18). Assista a reunião que foi transmitida pela TV Boas Novas.

JM Noticia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...