quinta-feira, 12 de abril de 2018

Em clip “Reaça” Rede Globo assume de vez lado esquerdista



A Globo tem dado um espaço absurdo nos últimos anos em suas matérias e reportagens políticas para estes dois partidos de esquerda. Alessandro Molon, que é deputado da REDE, é de longe uma das figuras mais queridas da emissora. Logo depois vem Chico Alencar, deputado pelo PSOL, e em seguida o senador Randolfe Rodrigues, senador pela REDE.
Na esmagadora maioria das reportagens os entrevistados são estes, e isso mesmo quando eles não têm grande influência ou poder sobre o assunto. A representatividade destes partidos é tão baixa que quase todos os seus parlamentares assumiram os postos através do coeficiente eleitoral ou, pior ainda, como suplentes. Eles simplesmente não possuem adesão popular, não têm poder ou influência real no parlamento, mas são os mais consultados pelos repórteres globais.
Os seus programas de humor também estão recheados de ideias de esquerda e nesta semana foi a emissora partiu para os ataques descarados.


O humorista Marcelo Adnet, que em várias ocasiões ironizou os chamados “coxinhas”, voltou a ironizar essa parcela da direita brasileira com um novo clipe lançado esta semana em seu programa “Tá no ar”, na Globo.
Desta vez, Adnet transformou a música “Realce”, de Gilberto Gil, em “Reaça (não seja)”. Na letra, o humorista ironiza aqueles que apoiam a volta da ditadura militar ou que defendem projetos como o “escola sem partido”. No clipe, o ator usa imagens de manifestações da direita com pessoas vestindo camisetas da CBF e também da sessão na Câmara que aprovou o impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff.
Confira, abaixo, a letra e, na sequência, assista ao clipe.

Raça humana
Reaça
Como é que pode
Quer que a ditadura volte
Mas de certo se arrependerá
Vai ter censura
Até no seu textão do face
E você mesmo pode se ferrar
Reaça, reaça
Se a liberdade termina é pior
Reaça, reaça
Vê um corpo desnudo
E acha um insulto
Para a família brasileira
Reaça
Não seja reaça
Reaça
Não seja reaça
Não faz sentido
Ter escola sem partido
Se o debate é parte de ensinar
Já é futuro
Homem pode ter marido
E a mulher se empoderará
Reaça, reaça
Quanto mais melanina melhor
Reaça, reaça
Quero todos inclusos
Com cota, com tudo
Quero igualdade de direitos
Reaça
Não seja reaça
Reaça
Não seja reaça
Gospel Geral

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...