sábado, 7 de outubro de 2017

VÍDEO: Artista nu, Antonio Obá destrói imagem da Igreja católica em “performance”



O Artista visual Antonio Obá tem 33 anos, nasceu em Ceilândia, na periferia de Brasília. Mora há 18 anos na vizinha Vicente Pires e é professor de artes em Taguatinga, ambas cidades satélites do Distrito Federal.


ASSISTA:



Ele é um dos finalistas do Prêmio Pipa, o mais celebrado prêmio da arte visual brasileira contemporânea. O vencedor pelo júri especializado leva R$ 130 mil e uma residência artística na Residency Unlimited, em Nova York, além de participar juntamente com os outros três finalistas de uma exposição no MAM-Rio entre 23 de setembro e 26 de novembro de 2017, quando o público poderá também escolher seu preferido, que levará R$ 24 mil. O resultado será em novembro.

Entre os temas de pesquisa do artista estão o sincretismo religioso, a miscigenação, as raízes afro-brasileiras e o erotismo.

A performance mais comentada de Antonio Obá é “Atos da Transfiguração: Desaparição ou Receita para Fazer um Santo”. Nela, o artista rala uma imagem de gesso de Nossa Senhora Aparecida, transformando a imagem da santa católica em um pó branco com o qual cobre seu corpo, negro e nu, para produzir, de acordo com o artista, novos significados, que criticam o racismo velado da sociedade brasileira e remetem às tradições das religiões de matriz africana. Com informações uol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...