terça-feira, 19 de abril de 2016

Teólogo diz que Lava-Jato e impeachment de Dilma são cumprimento de profecia

Silvio Costa relembra que “na ocasião, muitos evangélicos viram na profecia motivos para fazerem piada e promoverem escárnios – e com isso, abertamente rejeitaram a profecia”
Silvio Costa relembra que “na ocasião, muitos evangélicos viram na profecia motivos para fazerem piada e promoverem escárnios – e com isso, abertamente rejeitaram a profecia”,
A aceitação do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) e os avanços da Operação Lava-Jato são apontados pelo teólogo Silvio Costa como eventos que cumprem a profecia da pastora Cindy Jacobs há três anos.
O teólogo entende que a exposição do esquema de fraudes na Petrobras e a mobilização da população pedindo o fim da corrupção e cobrando punição aos envolvidos é um desdobramento do que Deus teria dito aos brasileiros através da pastora, no 14º Congresso Diante do Trono, em Belo Horizonte (MG).
“Nosso país poderá estabelecer uma nova referência histórica – o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Muito embora o possível impedimento do governo Dilma seja evento distinto dos desdobramentos da operação lava-jato, em minha exposição ambos estão no mesmo ‘plano profético’”, introduz Costa. “Cindy Jacobs proferiu em nome do Senhor o destronamento do principado da corrupção no Brasil (naquela época, as manobras petistas enganavam a nação apresentando números de uma economia promissora e projetavam perspectivas otimistas para a continuidade da estabilidade política e comercial, visando é claro a reeleição de Dilma em 2014)”, acrescenta, em seu artigo publicado no Gospel+.
O colunista relembra que “na ocasião, muitos evangélicos viram na profecia motivos para fazerem piada e promoverem escárnios – e com isso, abertamente rejeitaram a profecia”, e observa que agora, essa incredulidade manifesta está sendo confrontada: “Cindy Jacobs falava na euforia do fim daquele evento da IBL ou estava sendo inspirada pelo Espírito de Deus?”, questiona.
“Uma de nossas principais falhas quanto as profecias bíblicas ou para com aquelas transmitidas pelo dom de profecia, por certo seja o nosso imediatismo. Somos uma geração ávida por respostas e soluções rápidas – não sabemos esperar; nosso comportamento cronológico é impaciente e ultra regressivo […] Deus está intervindo no Brasil por meio da operação lava-jato! Por mais absurda que tal colocação pareça – a profecia de Cindy Jacobs acerca do abalo da potestade da corrupção em nosso país está se cumprindo! O impensável alcançou o mais alto escalão da política brasileira; os magnatas das empreiteiras multinacionais foram atingidos pela inesperada e eficiente ação de uma polícia que foi a fundo em investigações e nas apurações de operações financeiras complexas geridas pela aliança corrupta de figurões do setor privado e público”, pontua o teólogo em sua coluna.
Costa frisa que “o enunciado profético ministrado no evento da IBL tem mais ingredientes portentosos”, e opina que “a transformação subtendida na profecia é uma mistura de oração e educação; um processo que se dará da escola aos gabinetes políticos”, levando a um avivamento no país, protagonizado por “uma geração que figurará num cenário de pregação; tendo conteúdo expositivo similar ao de João Batista – combatendo a corrupção e a miséria, além de preparar o caminho do Senhor (uma referência indireta ao retorno de Jesus)”.
O efeito espiritual mais imediato, segundo o teólogo, será o alcance de “muitos corações duvidosos e endurecidos pela descrença num Deus pessoal que se interessa por nós”.
“Há esperança política, social e espiritual para o povo brasileiro, ainda que cercados pelos efeitos de nossas maiores crises – Deus não nos abandonou e age a favor daqueles que por Ele esperam”, conclui.
Para ler o artigo na íntegra, clique aqui.
Com informações Gospel Mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...