quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Oração tem efeitos sobre o cérebro e traz benefícios: “Fé e ciência estão conversando”, diz neurocirurgião


O poder da oração, para quem crê, é real e proporciona resultados perceptíveis, e já há algum tempo, a ciência vem trazendo embasamento para essas convicções, com descobertas a respeito do funcionamento do cérebro humano.
O programa Encontro com Fátima Bernardes, na TV Globo, abordou esse tema recentemente e o neurocirurgião Fernando Gomes explicou como o cérebro funciona durante os momentos de oração, mostrando que áreas ligadas à concentração e a emoção ficam ativadas.
“A fé a ciência estão conversando. Está diferente. Trabalhos neurocientíficos mostrando como trabalha o cérebro durante a oração já mostraram que algumas áreas como o lobo frontal, que está relacionado com a concentração e a atenção e a parte emocional do cérebro – o sistema límbico – ficam mais funcionantes durante a oração. E ao mesmo tempo, o que é interessante, a parte posterior do cérebro, a região parietal, que é responsável por termos entendimento do meio-ambiente, da dimensão do nosso corpo físico, do tempo, se silencia”, destacou Gomes.
O vídeo com as explicações do médico está repercutindo de forma intensa nas redes sociais, com milhares de compartilhamentos.
Gomes chamou atenção para as descobertas científicas nessa área que comprovam que a oração exerce efeito positivo sobre pessoas internadas em estado grave. Um levantamento constatou que pacientes que receberam orações de amigos, parentes ou até mesmo desconhecido tiveram menos complicações do que pacientes nas mesmas condições clínicas, mas que não receberam apoio espiritual.
“Certas coisas a ciência não consegue explicar, mas a gente percebe o que acontece. Por exemplo, há trabalhos científicos feitos em UTI, mostrando que pessoas que receberam orações, comparadas com um grupo que não recebeu orações, tinham menos complicações”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...