sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Universal ataca a ‘Folha’ e denuncia discriminação religiosa da mídia contra cristãos



A Igreja Universal do Reino de Deus reagiu às críticas e especulações feitas pelo jornal Folha de S. Paulo sobre a bilheteria do filme Nada a Perder 2, que dá sequência aos relatos biográficos do bispo Edir Macedo.


O filme assumiu a liderança da bilheteria nos cinemas brasileiros em seu final de semana de estreia, superando O Rei Leão, da Disney, e a estreia de Era Uma Vez em… Hollywood, longa dirigido por Quentin Tarantino.


De acordo com o site oficial da Universal, o jornal acabou “repetindo o que fez durante os lançamentos dos filmes Os Dez Mandamentos (2016) e Nada a Perder (2018)”.

“Nesta segunda-feira (19), o repórter da Folha de S. Paulo Leonardo Sanchez enviou um e-mail ao UNIcom – Departamento de Comunicação Social e de Relações Institucionais da Universal, para denunciar uma suposta ‘discrepância entre o número de ingressos vendidos e a quantidade de pessoas presentes nas sessões dos filmes’. A Folha veio se juntar a outros veículos que espalharam a fake news (notícia falsa, em inglês) nos últimos dias, como os jornais O Estado de S. Paulo e O Globo e o portal UOL (os suspeitos de sempre)”, diz a nota.

A denominação fundada pelo bispo Edir Macedo comentou a distribuição de ingressos feitas por fiéis e apresentada nas reportagens frisando que “aquilo que a Folha insinua ser algo clandestino e ilegítimo na velha fake news que está requentando contra a Universal, é, na verdade, uma mobilização pública, às claras e espontânea de voluntários e simpatizantes, em favor de um filme que traz uma mensagem transformadora.

“O preconceito do repórter e da Folha contra os cristãos é tão forte, que os cega a ponto de não perceberem o verdadeiro fenômeno cultural e popular, não apenas entre os evangélicos, que tem movimentado as salas de cinema e o mercado literário e empilhado recordes de audiência em novelas com temática bíblica. Não é uma coincidência, é a verdade que veio para atropelar a discriminação religiosa que ainda estimula boa parte da mídia contra os cristãos no Brasil”, conclui a nota.

Notícias Gospel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...