domingo, 3 de fevereiro de 2019

Pai de duas crianças, presbítero da Assembleia de Deus é assassinado a tiros



Um crime bárbaro e covarde chocou a comunidade de Vila Velha, no Espírito Santo, na manhã da última terça-feira (29), quando o pedreiro Jonatas Severiano Lomeu, de apenas 26 anos, foi assassinado a tiros a caminho do seu trabalho.

Jonatas era presbítero da Assembleia de Deus e também um “pregador”, considerado pela comunidade onde vivia “uma pessoa determinada, solidária e dedicada a família e ao trabalho”.



O rapaz tinha conseguido um emprego na construção de uma piscina e estava indo de bicicleta para a obra, quando foi atingido por um tiro no ombro que também alcançou o coração, por volta das 6h30 no bairro Cobi de Baixo, em Vila Velha (ES).

Pai de duas crianças, um menino de 6 e uma menina de 5, Jonatas era muito querido na comunidade, a qual mediante a Associação de Moradores do bairro Aparecida, emitiu uma nota em sua rede social lamentando a morte do pregador.

“A todos que tiveram o privilégio de conviver com Jonatas, que sempre foi um grande amigo da comunidade nos ajudando em vários trabalhos, fica a lembrança de uma pessoa determinada, solidária e dedicada a família e ao trabalho”, diz um trecho.


A esposa de Jonatas, Claudia Karoline Rodrigues, de 25 anos, garantiu à TV Gazeta que o marido não tinha problemas com ninguém, que era uma ótima pessoa e dedicava sua vida para a família e ao Reino de Deus.

“Ele estava indo trabalhar e me chegou essa notícia. Ele vai trabalhar de bicicleta, não tinha problema com ninguém, era conhecido em todo lugar porque saía muito para pregar nas igrejas. Era um marido maravilhoso, uma pessoa muito querida”, disse ela.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) cuida do caso, mas segundo informações da Polícia Civil, até o momento não foi detido nenhum suspeito e o caso segue sob investigação.

Gospel Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...