sábado, 29 de dezembro de 2018

Grupo de vereadores tenta na Justiça impedir posse de Izabel Montenegro



O clima na Câmara Municipal de Mossoró, que não terminou muito bem em 2018, tende a ficar ainda pior em 2019.

Seis vereadores ajuizaram uma ação no último dia 24 de dezembro (plantão judicial) requerendo o cancelamento da eleição que elegeu a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Mossoró para o biênio 2019/2020.
Os vereadores Alex do Frango, Aline Couto, Didi de Arnor, Genilson Alves, Zé Peixeiro e Sandra Rosado questionam a validade da eleição ocorrida em 24 de outubro de 2017, que escolheu a Mesa Diretora para o biênio 2019/20.

Em decisão liminar, a juíza plantonista mandou intimar a vereadora Izabel Montenegro pra ela se manifestar sobre o pedido.

Como a presidente está viajando, ela ainda não foi intimada.

A causa é patrocinada pelo advogado Diego Tobias.

Processo nº 0800091-09.2018.8.20.5300.

Nota do Blog Saulo Vale:

Os vereadores alegam que Izabel teria descumprido o Regimento Interno no processo de reeleição. Estranho ter descoberto isso somente após um ano da reeleição dela.


Na verdade, a ação do grupo de vereadores é uma retaliação ao posicionamento contrário de Izabel ao retorno da verba de gabinete. A proposta já foi aprovada no plenário, mas não avançou para liberação do dinheiro - R$ 4.500/mês.

Saulo do Vale

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...