terça-feira, 27 de novembro de 2018

Pastores levantam clamor pelo Brasil no ‘coração’ do Congresso Nacional



Membros do Conselho Apostólico Brasileiro (CAB) oraram por mudanças no Brasil na sala da presidência da Câmara dos Deputados na última terça-feira (20). Com um exemplar da Constituição em mãos, os líderes evangélicos intercederam pelas autoridades que irão assumir seus cargos em 2019.

“Vamos ter uma renovação em muitas esferas do governo e haverá um novo presidente sentado nesta cadeira”, disse o apóstolo Arles Marques, referindo-se à presidência da Câmara. “Este é um momento muito especial que nós podemos interceder para que quem se sente nesta cadeira, como diz a Palavra, seja capaz, veraz, verdadeiro, temente a Deus e aborreça o ganho ilícito”.

Os líderes evangélicos foram recebidos em nome do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pelo deputado federal Roberto de Lucena (PODE-SP). O ato de oraçãoque foi considerado algo novo, de acordo com o deputado federal Gilberto Nascimento (PSC-SP).

“É muito bom estarmos hoje aqui na presidência da Casa fazendo uma oração em voz alta, o que normalmente não acontece. As pessoas vem aqui, oram quietinhas, e podemos notar que alguma coisa está mudando”, observou Nascimento.


Nascimento lembrou-se de alguns acontecimentos que marcaram a sessão solene em comemoração aos 30 anos da Constituição de 1988, que aconteceu no dia 6 de novembro.

“Todos os chefes de poder iniciaram ou terminaram suas palavras agradecendo a Deus. Isso é uma novidade. Quando o presidente eleito Jair Bolsonaro fez seu discurso, em 3 minutos de sua fala, ele citou o nome de Deus sete vezes”, observou o deputado.

O parlamentar ainda revelou que o ato de externar a fé não é algo que acontece normalmente no âmbito político. “Eu acho que o Brasil ganha um novo momento. Esse é o governo que chegou anunciando que vai estar alinhado com Israel e com os Estados Unidos. É governo de bênçãos, que se encaixa a palavra ‘abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem’”, disse Nascimento, em referência a Gênesis 12:3.

“Não vamos governar com Karl Marx, vamos governar com a Bíblia e a Constituição”, completou o parlamentar. “Agora nós vamos ver o momento que diz: feliz a nação cujo Deus é o Senhor. Esta palavra, profeticamente, nós vamos ver acontecer no Brasil”.



Com informações Guiame

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...