segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Assembleia de Deus e IURD detêm metade dos deputados federais da bancada evangélica



Um estudo recente mostrou que o Brasil é o país onde os evangélicos mais participam da política, e um claro exemplo disso é o crescimento da bancada evangélica na Câmara dos Deputados, em 2018, que foi próximo de 10% em comparação com a eleição de 2014. Eram 75 deputados federais e, agora, são 84.


Estes eleitos vão integrar o grupo e serão uma base importante para a sustentação política do presidente eleito Jair Bolsonaro naquela casa composta por 513 parlamentares.


Destes, o PRB e a Igreja Assembléia de Deus tem o maior volume de representantes. No entanto, os parlamentares estão distribuídos em vários partidos, até no PT.

Em segundo, aparece a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), do bispo Edir Macedo, com 17 parlamentares eleitos. O partido do presidente Jair Bolsonaro (PSL) ocupa o segundo lugar no volume deputados eleitos: 8.

Nos últimos pleitos, excetuando a eleição de 2006, a bancada evangélica vinha apresentando crescimento médio de 20%.


Em 2014, o crescimento já foi pequeno e, em 2018, registra-se aumento de pouco mais de 10%, segundo o DIAP – Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar.

Bancada evangélica por origem/denominação (Fonte: Diap)

BANCADA EVANGÉLICA 2018

DEPS FEDERAIS

Assembléia de Deus27
Iurd17
Batista8
Presbiteriana4
Evangelho Quadrangular4
Luterana3
Igreja Internacional da Graça de Deus3
Maranata2
Batista Nacional2
Congregação Cristã1
Brasil para Cristo1
Metodista1
Evangelho Pleno1
Evangelho Eterno1
Adventista1
Congregação Cristã no Brasil1
Fazei Discípulos1
Nova Vida1
(não identificado)1
Assembleia de Deus – Ministério Vitória em Cristo1
Catedral do Avivamento, igreja ligada à Assembleia de Deus1
Assembleia de Deus – Missão Vida1
Igreja do Nosso Senhor Jesus Cristino1
Total Geral84

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...