terça-feira, 2 de outubro de 2018

Sob gritos de “Bolsonaro”, Alckmin é vaiado em feira cristã



A 14ª edição da Expo Cristã contou com a presença de personalidades do cenário evangélico e político brasileiro. Realizada nos dias 27, 28, 29 e 30 de setembro no pavilhão de exposições do Anhembi, em São Paulo, ela também teve 40 atrações, palestras e workshops.


Durante um coffee break para autoridades políticas e eclesiásticas de relevância dentro e fora do Brasil ocorreu um dos momentos mais marcantes do evento, considerando o contexto político atual do país, que se encontra na reta final das eleições 2018.

Falando para o público na abertura da feira, o candidato a governador de São Paulo, João Dória (PSDB), resolveu apresentar o seu aliado político e candidato à Presidência da República, Geraldo Alckmin, como o “próximo presidente” do Brasil.

A reação do público foi praticamente imediata, gritando o nome de “Bolsonaro” e vaiando Geraldo Alckmin, enquanto este subia no palco. O candidato tucano tentou amenizar a situação desfavorável, iniciando a fala pedindo orações pelo país.

“A única coisa que peço é a oração de vocês para que Deus ilumine a todos os brasileiros e brasileiras. Feliz a nação cujo Deus é o senhor”, disse ele, depois alegando nos bastidores que havia uma público “dividido”, enquanto outro era “mais ruidoso”.


O evento contou com líderes como Claudio Duarte, Márcio Valadão, Estevam Hernandes, Josué Gonçalves, Jorge Linhares, Agenor Duque, Juanribe Pagliarin, Edson Rebustini, Walter Brunelli e Flamarion Rolando.
Representante de Bolsonaro

Representando o candidato Jair Bolsonaro (PSL), que ainda estava internado no Hospital Albert Einstein, o senador Magno Malta falou sobre a importância da igreja evangélica lutar contra pautas que contrariam os valores cristãos.

“Esse país foi assolado por uma série de ataques à família. As autoridades do Brasil glamourizam bandidos em detrimento da segurança da população”, disse Malta segundo o Guiame, alertando que o país “esqueceu de Deus”.

“Glamourizam a erotização de crianças e a ideologia de gênero. É uma tentativa de distorcer a ordem social, porque a ordem social correta é aquela estabelecida por Deus”, acrescentou o senador, concluindo sua fala com o slogan do PSL: “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”.

Noticias Gospel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...