quarta-feira, 3 de outubro de 2018

IEADERN e CEMADERN emitem Nota de Orientação acerca das Eleições 2018



IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS NO RIO GRANDE DO NORTE – IEADERN e CONVENÇÃO DE MINISTROS DA ASSEMBLEIA DE DEUS NO RIO GRANDE DO NORTE – CEMADERN



NOTA DE ORIENTAÇÃO



A Igreja Evangélica Assembléia de Deus no Rio Grande do Norte – IEADERN, por intermédio de seu pastor presidente (ex vi art. 7°, I, e art. 31, XII, ambos do Estatuto da IEADERN) e a Convenção de Ministros da Assembléia de Deus no Rio Grande do Norte – CEMADERN, por intermédio de sua diretoria (ex vi art. 3º, II e V, c/c arts. 21, III, e 22, I, todos do Estatuto da CEMADERN), nos usos de suas atribuições estatutárias,



CONSIDERANDO o momento da vida nacional, em que os brasileiros deverão votar, nas próximas eleições, para Presidente da República, Senador, Deputado Federal, Governador e Deputado Estadual;



CONSIDERANDO que as pessoas eventualmente eleitas para os referidos cargos assumirão os mais altos postos políticos da República Federativa do Brasil (Poderes Executivo Federal e Estadual e Legislativo Federal e Estadual) com competência para dirigirem administrativamente o nosso País, representarem-nos ante às demais Nações da Terra, definirem nossas futuras leis, além de cumprirem outras atribuições sumamente importantes, influenciando, assim, praticamente todas as áreas da vida social, inclusive no que tange aos direitos fundamentais à vida, à liberdade de crença, de pensamento e de expressão, dentre muitos outros afins;



CONSIDERANDO que a Igreja do Senhor Jesus, formada por cidadãos dos céus, exerça influencia marcante no meio social em que se insere, como ocorria nos tempos apostólicos;



CONSIDERANDO que cada cristão é livre para votar em quem desejar, de acordo com sua consciência, mas que a participação na vida da comunidade é importante para o cumprimento da missão profética e salvífica que lhe está confiada, o cristão, desempenhando o mandato cultural do Evangelho, precisa demonstrar com a mensagem e com a vida, ter as melhores “propostas de governo” para o mundo, para a sociedade, para a família e para o indivíduo, — a cosmovisão judaico-cristã, a qual se baseia nos ditames da palavra de Deus.



CONSIDERANDO que é de grande importância que o servo ou serva de Deus saiba exercer o seu papel como cidadão, quando do momento das eleições, chegou a hora na qual deve demonstrar que é cidadão do céu, exercendo um direito de cidadão da terra, lembrando-se de que é “sal da terra” e “luz do mundo” (Mt 5.13,14). Desse modo, como eleitor, o cristão, deve saber definir o seu voto, observando alguns critérios, com base na ética emanada da palavra de Deus, não apoiando candidato(a) que, manifestamente, se posiciona contra os sagrados princípios cristãos.



CONSIDERANDO que a Igreja Evangélica Assembléia de Deus no Rio Grande do Norte, como uma instituição eminentemente cristã não se exime de anunciar e defender “a tempo e fora de tempo” os valores da cosmovisão judaico-cristã (Mt 28.19,20; Mc 16.15,16; At 1.8; 2 Tm 4.2 etc.).



CONSIDERANDO que, por força de normas estatutárias da IEADERN e CEMADERN, os membros, respectivamente, têm o direito a receberem orientação acerca das condutas que contrariam as doutrinas bíblicas e, também, a serem instruídos “na prática da cidadania cristã”, resolvem emitir a presente



NOTA DE ORIENTAÇÃO



a todos os membros e congregados da IEADERN, bem como aos ministros da CEMADERN, nos seguintes termos:



AOS MEMBROS E CONGREGADOS DA IEADERN



1) Não votar em candidato(a) que é a favor do crime de aborto. A palavra de Deus diz: “… e não matarás o inocente” (Ex 23.7). Entendemos, à luz da Bíblia, que, a partir da fecundação, já existe um ser humano em formação, com o inalienável direito natural à vida, como dom de Deus. Diz a Bíblia que Deus vê o corpo “ainda informe”, o embrião em sua fase indiferenciada (Sl 139.16).



2) Não votar em candidato(a) que é a favor do casamento homossexual, por contrariar frontalmente o plano de Deus para o matrimônio, instituído por Deus nos princípios da monogamia e da heterossexualidade (Gn 1.26,27; 2.24); a união homossexual é reprovada por Deus, de forma clara e indiscutível, como grave transgressão à sua Lei (Lv 18.22; 20.13. Rm 1.24-27; 1 Co 6.10 e referências).



3) Não votar em candidato(a) que seja favorável à chamada “ideologia de gênero”, a qual apregoa e defende, sem a menor base científica, que o sexo biológico e natural não tem o menor valor, pois a pessoa nasce com “gênero neutro”; podendo escolher se quer ser “homem” ou “mulher”, a qualquer tempo que julgue oportuno. Ora, Deus criou o ser humano, com sua natureza binária, “macho” e “fêmea”, ou homem e mulher (Gn 1.26, 27), fato incontestavelmente comprovado pela ciência em termos biológicos, anatômicos, genéticos e hormonais.



4) Não votar em candidato(a) cujo partido, em sua filosofia ou ideologia, professa o materialismo ateu, que nega a existência de Deus, e defende a eliminação da religião, especialmente da fé cristã.



5) Não votar em candidato(a) que defende a descriminalização da maconha, ou de outras drogas nocivas à saúde, as quais conduzem o viciado a práticas pecaminosas, abomináveis ao Senhor. A Bíblia recomenda a conversão: “para que assim voltem à sobriedade e escapem da armadilha do Diabo, que os aprisionou para fazerem a sua vontade” (II Tm 2.26).



6) Não votar em candidato(a) que faz apologia à pornografia, seja em nome da arte ou mesmo sob o argumento que a categorize como expressão cultural. A indústria pornográfica está levando milhões de adolescentes e jovens à prática da fornicação e, com isso, muitos casamentos têm sido desfeitos, numa frontal oposição à vontade divina que nos adverte: “Fujam da imoralidade sexual. Todos os outros pecados que alguém comete, fora do corpo os comete; mas quem peca sexualmente, peca contra o seu próprio corpo” (I Co 6:18);



7) Não votar em candidato(a) que tenha discurso antissemita (contra Israel), haja vista que a Bíblia diz: “E abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra” (Gn 12.3).



AOS MINISTROS DO EVANGELHO



8) “Não permitir assento de políticos no púlpito, exceto os que também são obreiros. Providenciar previamente os assentos para políticos e autoridades em lugar especial reservado na nave do templo” (Art. 23, V, do Manual do Dirigente de Congregação). Acrescente-se, ademais, que todos os candidatos(as) presentes devem ser apresentados(as), por uma questão de honra devida, mas sem referência a condição de candidatos(as).



9) Não outorgar oportunidade para candidato falar ao microfone, ou mesmo para fazer oração. O anúncio de comentário favorável a este ou aquele candidato(a) no púlpito, pode trazer sérios problemas à igreja e, bem assim, ao próprio candidato/partido.



10) Não autorizar a nenhum(a) candidato(a) ou partido a realização de reunião de cunho eleitoral em quaisquer das dependências da Congregação, nem aquiescer com a distribuição de material de propaganda nas áreas privadas do templo.



11) Ser bastante comedido quando, eventualmente, conversar com candidato(a) nas dependências da Congregação, no afã de evitar ser fotografado ou filmado e assim vir a comprometer, de alguma forma, a total isonomia institucional da Igreja Evangélica Assembléia de Deus no Estado do Rio Grande do Norte – IEADERN em relação ao pleito eleitoral.



DIANTE DO EXPOSTO, orientamos que cada membro ou congregado da IEADERN ore a Deus antes de se decidir pelo voto a qualquer candidato(a). Procure inteirar-se da posição do candidato(a) em relação aos critérios destacados nos itens anteriores, bem como da filosofia do partido a que o candidato(a) pertence. Vote apenas em candidato(a) que respeite os princípios cristãos, para que não venha a ser cúmplice, diante do SENHOR, do sistema iníquo que domina a sociedade sem Deus.



Natal, RN, em 03 de setembro de 2018.

Martim Alves da Silva
Pr. Presidente da IEADERN / CEMADERN

Pr. Francisco Cícero Miranda
Primeiro Vice-presidente da CEMADERN

Pr. Elinaldo Renovato de Lima
Segundo Vice-presidente da CEMADERN

Pr. Israel Caldas Sobrinho
Primeiro Secretário da CEMADERN

Pr. Rubem Varela de Oliveira
Primeiro Tesoureiro da CEMADERN

Pr. Rilton Martins Peixoto
Segundo Tesoureiro da CEMADERN

Fonte: ieadern.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...