sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Cartas pastorais orientam os cristãos na eleição do próximo domingo, 28; confira



No próximo domingo, dia 28 de outubro, mais de 100 milhões de brasileiros voltam novamente às urnas para decidir o segundo turno das eleições. Fora alguns estados onde ainda ocorre a disputa, há também a principal escolha de decidir quem vai governar o país pelos próximos 4 anos.


Abaixo foram selecionadas e disponibilizadas algumas das manifestações (cartas e documentos) de grupos e organizações evangélicas que apontam compromissos, valores e reivindicações de boa parte da igreja brasileira, com o objetivo de ajudar oeleitor cristão a orar e tomar sua melhor decisão quanto ao voto no próximo dia 28 de outubro de 2018.

Formatado pelo portal Ultimato, a lista ajuda o cristãos a fundamentar nos princípios bíblicos sua tomada de decisão na hora do voto.

+ Frente Parlamentar Evangélica lança manifesto “O Brasil para os Brasileiros”

Confira:

1. Carta Aberta à Igreja Brasileira. Publicada no dia 10 de setembro pelo ministério Tuporém e por Edições Vida nova, a “Carta Aberta à Igreja Brasileira” é assinada por líderes e pastores como Augustus Nicodemus, Luiz Sayão, Jonas Madureira, Franklin Ferreira, entre outros.



2. Carta Pastoral à Nação Brasileira. Publicada no dia 21 de setembro no “Serviço público gratuito de abaixo-assinados”, Petição Pública, é assinada por pastores e líderes de igrejas evangélicas, como Luiz Longuini Neto, Clemir Fernandes, Ricardo Quadros Gouveia, Carlos Ribeiro Caldas, entre outros.

3. Conclamação aos Presidenciáveis – Um compromisso com a Justiça, a Verdade e a Nação.Publicado no dia 22 de setembro e dirigido aos “Candidatos à Presidência da República do Brasil”, o documento é assinado pelo Conselho Coordenador da Aliança Cristã Evangélica Brasileira.

4. Carta de Teses e Princípios aos Presidenciáveis. Publicada no dia 28 de setembro pela Associação Nacional de Juristas Evangélicos (ANAJURE), a “Carta” é assinada pelo presidente do Conselho Diretivo Nacional da ANAJURE, Uziel Santana.

A disputa presidencial

Eleitores usam a camisa do candidato Jair Bolsonaro (PSL) e do PT para votar no Mackenzie, em Higienópolis (SP) Imagem: Diego Padgurschi/ Colaboração para UOL


Jair Bolsonaro (PSL) é favorito para ser eleito presidente, de acordo com todas as pesquisas de intenção de voto já divulgadas. Ele aparece bem à frente deFernando Haddad, do PT, que tenta uma improvável virada neste segundo turno.


Bolsonaro fez 46,05% dos votos no primeiro turno, e por pouco não faturou a eleição já em 7 de outubro. Haddad, por sua vez, alcançou 29,25% dos votos válidos, o que o garantiu com folga no segundo turno.
JM Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...