segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Ana Paula Valadão causa polêmica ao dizer que vota em Bolsonaro só para derrotar PT



Ana Paula Valadão, líder do Diante do Trono e uma das maiores referências do gospel no Brasil, utilizou suas redes sociais para se posicionar, juntamente com seu esposo, Pr. Gustavo Bessa, contra a candidatura de Fernando Haddad (PT) à presidência, ao mesmo tempo em que declara seu apoio político à Jair Bolsonaro (PSL).

Segundo Ana Paula Valadão, o PT trouxe a corrupção para o Brasil, e por isso não pode voltar ao poder. Nos stories publicados, a cantora gospel disse ainda que “precisamos sim influenciar as pessoas perto de nós, para poderem raciocinar melhor e fazerem um bom uso de sua cidadania”, ato que é bastante criticado por algumas lideranças que veem a imposição do chamado “voto de cabresto”.

Além disso, ela também incentivou os empresários a conversarem com seus funcionários afim de convencê-los a votarem contra o Partido dos Trabalhadores, ato que também é visto como prática ilegal de captação de votos, por meio do uso da coerção que o empresário pode manter em face de um empregado seu.

No vídeo divulgado, e que está repercutindo bastante, Ana Paula Valadão disse que não importava se a pessoa é ou não evangélica, concorda ou não com as declarações de Bolsonaro, “você precisa lutar contra a corrupção, contra a permanência do PT…”.

Nos comentários da publicação abaixo, a maioria dos seguidores questiona o posicionamento político de Ana Paula Valadão, dizendo que Bolsonaro não é o mais competente entre os presidenciáveis, e que ela deveria apoiar outro. A cantora gospel respondeu que não apoia o candidato do PSL por sua competência, mas por ele ser o único candidato capaz de derrotar o PT nas urnas. Questionada por outra seguidora sobre apoiar Ciro Gomes (PDT), Ana Paula foi enfática: “Ciro também é esquerdista”.

Assista abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...