terça-feira, 4 de setembro de 2018

Pastor elenca 3 principais fatores que influenciaram o brasileiro a aderir à direita



A mudança de postura do brasileiro conservador em relação aos partidos políticos, num movimento que tem fortalecido os conceitos de direita no país, são motivadas por uma insatisfação popular em relação à realidade cotidiana afetada pela violência, corrupção e desrespeito a valores e princípios que foram descaracterizados.

Essa constatação é feita pelo pastor e escritor Renato Vargens em um artigo que aborda a mudança que começou a ser desenhada em 2013, levou à cassação do mandato de Dilma Rousseff (PT) e agora indica uma vontade de rompimento de ciclo nas eleições presidenciais.



“Grande parte da população brasileira cansou do esquerdismo e do establishment que nos últimos anos levou o país a mais profunda bancarrota moral, social, politica e econômica”, declarou Vargens em seu texto.

“Penso que, dentre muitos fatores, três motivos podem ser considerados fundamentais à mudança de postura do brasileiro”, acrescentou, no artigo publicado no portal Pleno News.

“O descontrole da violência: o brasileiro não suporta mais a violência das ruas, a morte de cidadãos de bem, a insegurança e o caos”, observou o pastor, apontando o primeiro fator.


“A corrupção: a Lava-Jato trouxe à tona a inequívoca prova de que uma enorme fortuna foi roubada durante anos por políticos inescrupulosos”, acrescentou, elencando a segunda principal causa da mudança de comportamento.

Por fim, Renato Vargens – que lidera a Igreja Cristã da Aliança, em Niterói (RJ) – destacou a insatisfação com a banalização da vida, princípios e valores, e o desrespeito à religião como ingredientes do terceiro fator: “A desconstrução dos valores judaico-cristãos: o aborto, a defesa da morte de indefesos, bem como a desconstrução da importância da família, além da educação das crianças sobre pressupostos cristãos”, concluiu o pastor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...