domingo, 19 de agosto de 2018

EUA irão punir Turquia com mais sanções se pastor não for libertado



Os Estados Unidos estão prontos para impor mais sanções à Turquia caso o pastor Andrew Brunson não seja libertado, de acordo com um anúncio feito nesta quinta-feira (16) pelo secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin.

“Temos mais do que estamos planejando fazer se eles não o libertarem rapidamente”, disse Mnuchin, durante reunião do gabinete do presidente Donald Trump.

A prisão do pastor Andrew Brunson, detido há quase dois anos na Turquia sob acusação de terrorismo e espionagem, aprofundou uma crise entre os dois países. Por causa das sanções, a moeda turca continua sendo desvalorizada e vem influenciando os mercados financeiros em todo o mundo.

Na semana passada, o presidente americano Donald Trump dobrou as tarifas sobre metais turcos exportados para os EUA, levando a Turquia a aumentar as tarifas sobre os carros, álcool e tabaco na quarta-feira (15).

Mesmo com as duras consequências, a Turquia que disse que não vai se curvar às ameaças dos EUA. Enquanto isso, a administração Trump descarta retirar as tarifas sobre o aço importado da Turquia.

Em meio ao conflito com os EUA, a Turquia recebeu ajuda do Catar, que prometeu investir US$ 15 bilhões no país e deu suporte à recuperação da lira turca.

Nesta quinta (16), o ministro turco das Finanças, Berat Albayrak, descartou que seu país vá pedir ajuda ao Fundo Monetário Internacional (FMI) para superar a crise monetária.

“Sairemos ainda mais fortes dessas turbulências”, disse o ministro durante teleconferência com investidores dos EUA, Europa e Ásia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...