sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Atirador que matou 17 pessoas e disse ter ouvido “demônios” é evangelizado pelo irmão



Um dos piores massacres já cometido nos Estados Unidos foi praticado por Nikolas Cruz, um jovem de apenas 19 anos que assassinou a tiros 17 pessoas e deixou várias feridas na escola Marjory Stoneman Douglas, em Parkland, ao norte de Miami.

Atualmente preso, Cruz foi questionado durante o interrogatório policial sobre qual teria sido a sua motivação para o crime. Ele disse que tinha “demônios” em sua cabeça há alguns anos lhe dizendo o que fazer, dando orientações para “comprar armas, matar animais e destruir tudo”.



“Quais são os demônios?”, perguntou John Curcio, o policial responsável pelo interrogatório. “As vozes. O lado malvado”, respondeu Cruz, dizendo em seguida que essas vozes lhe mandavam queimar, matar e destruir.

O investigador ainda procurou saber qual era a posição de Cruz acerca de Deus, mas ele disse não acreditar em sua existência, foi quando o policial então questionou a sua confiança nos espíritos ruins:

“Mas se você acredita em demônios, você acredita em anjos? Anjos são bons. Demônios são ruins. Quando você diz a palavra demônio, acha que é um espírito maligno?”, perguntou Curcio, ouvindo de Cruz em seguida que ele apenas ouvia “uma voz de demônio”.

Irmão evangeliza assassino na prisão

Nikolas Cruz atualmente está preso, mas o seu irmão, Zachary Cruz, não desistiu da sua vida, apesar dos crimes bárbaros que ele cometeu. Recentemente Zachary esteve na prisão para ver seu irmão e dizer algumas palavras de esperança.

“Você diz que tem um demônio. Tente encontrar Deus porque Deus é bom. Deus sempre estará lá para você. Quando você estiver pensando em sua mente, tente se conectar com Deus”, disse Zachary para o irmão.

Todo o diálogo entre os dois foi gravado e posteriormente divulgado pela mídia local. Zachary pareceu sentir culpa pelo estado do seu irmão, dizendo que talvez não tivesse demonstrado para ele tanto amor o quanto gostaria.

“Eu sei que fiz parecer que te odiava, que não gostava de você. Mas a verdade é que eu só não queria parecer fraco. Eu te amo com todo o meu coração”, disse Zachary. “Eu gostaria de ter evitado isso… Eu sinto que grande parte disso é minha culpa também, porque nós crescemos juntos. Eu sei que não era o mais legal para você”.

Por fim, Zachary se preocupa com o destino do seu irmão e garante que vai lhe fazer novas visitas. Ele pediu que Cruz não tire a própria vida e que busque tentar encontrar um propósito para viver, mesmo na condição atual.

“Fique firme, tá? Não se machuque. Por favor, não se mate. Você tem uma vida. Eu acho que você não entende isso. Não acabe com ela só porque você não gosta de como ela é. Viva a sua vida, mesmo que pareça sem esperança”, conclui, segundo o Christian News.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...