sexta-feira, 27 de julho de 2018

“Vice presidente da Assembleia de Deus Madureira faz alerta grave sobre “ré-te-té”



O bispo Abner Ferreira, 3º vice-presidente nacional da Assembleia de Deus Ministério de Madureira, fez um alerta muito importante as igrejas do Brasil, principalmente as pentecostais.


Abner publicou em seu Instagram uma foto de um jornal onde tinha escrito no título; “Você sabe o que significa Reteté???”. O jornal explica em detalhes como, onde, e porque surgiu a palavra reteté.

A palavra reteté ficou muito conhecida e popular entre os evangélicos pentecostais, e já foi usada até mesmo em músicas de cantores gospel renomados. Quem diz que é do reteté geralmente, são aqueles crentes que rodam, profetizam, e sapateiam. Na gíria gospel, é dizer que é do manto, canela de fogo, tocha, entre outras.

Mas é aí que mora o perigo. Segundo a pesquisa feita pelo jornal que o bispo Abner fez questão de compartilhar em suas redes sociais, a palavra reteté teve origem na Africa.


Vamos entender melhor RETETÉ: ” É um ritual africano, trazido para Portugal, em meados de 1948 onde as pessoas se reuniam para rituais de Voduns.

Esse termo foi aderido pelos cristãos de movimento pentecostal inclusive pastores, e tem levado multidões a errarem ao falar esta palavra.

RETETÉ DE JEOVÁ. Heresias que ocorrem nas vigílias, cultos de oração, etc…. o diabo está brincando no meio do povo de Deus. Fica o alerta, não use termos que não sabemos o significado, para dar nome ao que Deus quer no meio do seu povo, pois o nome original é avivamento, batismo, renovação no Espírito Santo e ponto final.

Leia a bíblia sagrada, a fonte inesgotável de Deus para a nossa vida, e ore sem cessar. E não diga mais está palavra RETETÉ. Temos que tomar cuidado pois nosso Deus não é Deus de confusão.

A pesquisa feita para do jornal foi o pastor Ivan Teodoro da Silva, 1º Vice- presidente da CGADB, Presidente da UMADERSUL e presidente da IEADSJP.

Então fica dado o alerta feito pelo bispo Abner Ferreira para todos os evangélicos.

Gospel Geral

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...