quinta-feira, 12 de julho de 2018

“Ninguém vai impor a religião pela lei”, diz Marina Silva sobre reivindicações LGBTQ


A pré-candidata à Presidência da República, Marina Silva (REDE), concedeu uma entrevista ao portal Metrópoles no último dia 5 desse mês, onde falou da sua visão política e de questões sensíveis para a sociedade, como reivindicações da comunidade LGBT e sua relação com o conceito de “Estado laico”.
Marina Silva também ressaltou que já sentiu preconceito por conta da sua fé, após se tornar evangélica, mas que isso é fruto de “generalizações”.
“Ao longo da minha vida, tive que enfrentar muitas dificuldades, mas nunca percebi, desde que eu comecei a ocupar os espaços públicos, atitudes de preconceito contra a minha pessoa”, disse ela.
“Diria que, depois que me converti à fé cristã evangélica, é que esse preconceito às vezes é mais visível. Há uma tendência das pessoas fazerem generalizações”, acrescenta.
Marina fez questão de enfatizar que apesar de cristã, sua fé não irá interferir em seu Governo, caso seja eleita Presidente da República. Isso, porque, ao que parece ela entende o conceito de Estado laico como algo onde o governante precisa agir com neutralidade em relação aos próprios valores.
O contrário disso, para Marina Silva, seria uma tentativa de transformar o Estado em um regime “teocrático”:
“A fé cristã evangélica deu uma grande contribuição ao mundo a partir da Reforma, ao estabelecer o conceito de Estado laico… Portanto, se tem algum evangélico que deseja em transformar o Brasil em Estado teocrático não conhece a história”, disse ela.
Foi com base nessa linha de raciocínio que a ex-senadora respondeu sobre as pautas da comunidade LGBTQ, dizendo que “todas as pessoas são cidadãos portadores de direitos iguais” e que “ninguém vai impor a religião pela lei”.
“Quem vai governar, vai governar para todos. Agora, as pessoas têm o direito de expressar suas opiniões, sem preconceito e violência. Mas ninguém pode impor a quem crê ter que abrir mão das suas convicções”, destaca.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...