quarta-feira, 27 de junho de 2018

Magno Malta pode voltar atrás e aceitar ser vice na chapa de Bolsonaro



O pastor evangélico e Senador da República, Magno Malta (PR-ES), pode voltar atrás e aceitar o convite de Bolsonaro (PSL-SP), para concorrer ao seu lado como vice na chapa que disputará a presidência.

A notícia foi revelada pelo próprio Jair Bolsonaro, em entrevista ao jornal O Globo, nesta terça-feira (26).

Bolsonaro chegou a citar que agora tudo depende do próprio Magno Malta. O Senador ainda está indeciso quanto a possibilidade de abrir mão de tentar a reeleição no Senado.


No início do mês, Malta havia desistido de concorrer na chapa do presidenciável, alegando que sua esposa, a cantora gospel Lauriete, preferiu concorrer a Câmara dos Deputados. Sendo assim, ele preferiu lutar para defender sua cadeira no Senado.

Ao que parece, o martelo não foi batido em definitivo, já que a discussão ainda existe.

Bolsonaro afirmou à reportagem, que o PR já concordou, e que agora tudo depende do próprio Magno Malta.
Magno Malta e Lauriete em campanha

Além de pastor evangélico, Magno Malta também é cantor gospel. Em dupla com sua esposa Lauriete, o senador gravou um CD, que está distribuindo gratuitamente por todo o estado do Espirito Santo.

Alguns fãs do casal aplaudiram a iniciativa, enquanto outros mais desconfiados, acabaram interpretando o presente como uma jogada política.
Feliciano ‘desmoraliza’ Rede Globo e revela trama covarde da emissora

Mais uma trama da Rede Globo acaba de ser desarticulada publicamente, e mais uma vez, foi o deputado federal Marco Feliciano (Pode/SP) quem o fez, durante o seu discurso no plenário da Câmara dos Deputados.

Feliciano falou sobre as reportagens exibidas pela emissora, sobre o caso das crianças, filhos de imigrantes, que estão sendo mantidas presas em gaiolas e separados dos pais nos Estados Unidos.

Segundo o deputado, a emissora tenta culpar o presidente norte-americano Donald Trump, por manter as crianças longe dos pais, levando o telespectador a entender que se trata de uma iniciativa do próprio presidente. No entanto, Feliciano explicou que existe uma lei que foi criada em 1997, ainda sob o mandato do então presidente Bill Clinton [Democrata], e seguiu sendo aplicada pelo também democrata Barack Obama nos anos seguintes.

Segundo Feliciano, não existe nos EUA, uma lei que diga que a criança possa ficar presa junto com o pai e a mãe no mesmo lugar.

O deputado defende ainda, que Donald Trump só está apenas cumprindo a lei que já existe a mais de 20 anos no país. Ele também lembrou que, tanto as crianças, quanto seu pais, não são apenas imigrantes, são imigrantes ilegais.

Além de declarar estar desmentindo a Rede Globo, Feliciano também afirma estar desmentindo os partidos de esquerda, como; PSOL, PT, e PC do B, que estariam disseminando mentiras contra o governo americano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...