quinta-feira, 7 de junho de 2018

Crivella cancela peça com Jesus trans e vira alvo de protestos no Rio de Janeiro



O prefeito Marcelo Crivella tem sido alvo de protestos da comunidade LGBT do Rio de Janeiro por ter cancelado a apresentação da peça “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu”, na qual Cristo é representado por uma transexual.

Crivella precisou gravar um vídeo para afirmar que a Arena Carioca Fernando Torres foi fechado por ordem judicial e declarar que durante a sua administração “nenhum espetáculo, nenhuma exposição vai ofender a religião das pessoas”.

A produção do evento foi a primeira a se manifestar contra o prefeito, dizendo que Crivella, ligado à Igreja Universal, não zelava pela laicidade do Estado. “Destacamos que esta intervenção direta do prefeito não é uma prática comum ou mesmo aceitável, visto que se trata de um Estado laico, na organização de eventos em aparelhos públicos como arenas e lonas culturais no município do Rio de Janeiro. Trata-se nitidamente de censura à visibilização e livre expressão artística dos corpos LGBTQI+, femininos, negros e periféricos”, diz o comunicado.

A atriz trans Renata Carvalho, que interpreta Jesus na peça, também criticou o prefeito. “Essa proibição é um ato de transfobia porque Jesus é tido como a imagem e semelhança de todo mundo, menos de nós pessoas trans. As pessoas acreditam que só pelo fato de Jesus estar sendo representado, materializado, no corpo de uma travesti isso é inapropriado. Então a grande questão está criminalização da nossa identidade, do nosso corpo e das nossas vivências. Por isso essa proibição é um gesto de transfobia”, disse ela.

Essa não é a primeira vez que a peça “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu” é cancelado em uma cidade, no ano passado o espetáculo foi cancelado na cidade de Jundiaí (SP) e gerou vários protestos em outras cidades brasileiras.

JM Noticia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...