quinta-feira, 10 de maio de 2018

Três cristãos americanos detidos na Coreia do Norte retornam para os EUA 09/05/2018 40 0

Kim SangDuck (Tony Kim), Kim Dong Chul e Kim Hak-song, são cristãos presos na Coreia do Norte.
Kim SangDuck (Tony Kim), Kim Dong Chul e Kim Hak-song, são cristãos presos na Coreia do Norte.
Os três cristãos norte-americanos detidos na Coreia do Norte nos últimos anos foram libertados e estão atualmente voando de volta para os EUA com o secretário de Estado Mike Pompeo, anunciou o presidente dos EUA, Donald Trump.
O presidente dos EUA confirmou o liberação de Kim Dong-chul, Kim Sang-duk e Kim Hak-song no Twitter, escrevendo: “Tenho o prazer de informar que o Secretário de Estado Mike Pompeo está no ar e no seu caminho de volta da Coreia do Norte com os 3 maravilhosos senhores que todos estão ansiosos para conhecer. Eles parecem estar em boa saúde. Além disso, bom encontro com Kim Jong Un. Data e local definidos.”
I am pleased to inform you that Secretary of State Mike Pompeo is in the air and on his way back from North Korea with the 3 wonderful gentlemen that everyone is looking so forward to meeting. They seem to be in good health. Also, good meeting with Kim Jong Un. Date & Place set.
Poucos minutos depois, Trump acrescentou: “O secretário Pompeo e seus” convidados “pousarão na Base Aérea Andrews às 2:00 da manhã. Eu estarei lá para cumprimentá-los. Muito exitante!”
A notícia vem depois que a CBN News informou, na semana passada, que fontes dentro do Departamento de Defesa dos EUA disseram que os cristãos foram todos retirados de um campo de trabalho no início do mês passado  e estavam recebendo cuidados médicos e descansando.
Kim Dong-chul, Kim Hak-song e Tony Kim eram acusados de espionagem e propagação da fé cristã. A atitude é considerada ilegal na Coreia do Norte.
Kim Dong-Chul, um empresário de cerca de 60 anos, foi sentenciado em abril de 2016 a 10 anos de trabalho forçado após sua prisão por subversão e espionagem. Tony Kim foi preso em abril de 2017 no principal aeroporto de Pyongyang, quando se preparava para deixar o país depois de dar aulas por várias semanas. Kim Hak-Song, cerca de 50 anos, foi preso em maio de 2017. Ele trabalhava para a Universidade de Ciência e Tecnologia de Pyongyang.
Atualização

Os três prisioneiros americanos libertados pela Coreia do Norte depois do encontro entre o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e o líder norte-coreano Kim Jong-un desembarcaram nos Estados Unidos às 3h50 (no horário de Brasília) desta quinta-feira (10). Eles foram recepcionados pelo presidente Donald Trump e a primeira-dama, Melania, e o vice-presidente, Mike Pence, e sua esposa, Karen. Os familiares dos libertados não compareceram no desembarque, informou a Casa Branca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...