sexta-feira, 20 de abril de 2018

Igrejas sofrem repressão e podem ser consideradas ilegais na Ucrânia



As igrejas ucranianas estão enfrentando o fechamento após uma repressão do governo que restringe a forma como as igrejas podem operar.

Líderes locais na região de Luhansk, que é controlada por separatistas russos, aprovaram uma lei que restringe o funcionamento das igrejas na região, segundo a Associação Eslava do Evangelho.

“Basicamente, proíbe as igrejas de realizarem culto, realizar pequenos grupos ou reuniões em casas. E também, parece que eles vão exigir que cada organização religiosa obtenha um novo registro até agosto, disse Joel Griffith, da Slavic Gospel Association.

Isso significa que as igrejas serão consideradas ilegais, a menos que possam mostrar que têm pelo menos 30 memorandos vivendo dentro de uma área específica. Também restringe a forma como as igrejas operam fora de suas paredes.


“Aparentemente, a distribuição de literatura religiosa, mesmo entre igrejas, é proibida sem permissão pessoal por escrito das autoridades”, disse Griffith. ‘Também parece que a distribuição fora das igrejas nem é realmente referenciada na lei. Então, esse é um tipo de ponto de interrogação.

Ele acrescentou que os líderes da igreja no leste da Ucrânia estão preocupados com a possibilidade de a lei ser usada para culpar as igrejas por atividades extremistas ou terroristas e espionagem.

Certamente, sei que farão tudo quanto puderem em obediência a Cristo. Ele é sua primeira preocupação lá. E vão em frente e proclamar o Evangelho, não importa o que aconteça – disse Griffith. “Eles só vão ter que adotar [uma maneira] eles podem fazer isso de maneira discreta.” Com informações Christian Today

Folha Gospel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...