sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Mulher foi enterrada viva na Bahia após suposto erro médico



Uma família no oeste da Bahia, em Riachão das Neves, denunciou que uma ente querida, de 37 anos, foi enterrada ainda viva, após um suposto erro médico. Ela teria passado quase 10 dias presa no túmulo. As informações são do G1.

Rosângela teria sido enterrada viva.

Os familiares contam que Rosângela Almeida dos Santos foi encontrada revirada para baixo, após a abertura do túmulo no último dia 9/2. Ela havia sido enterrada dia 29 de janeiro. A mãe conta que ela estava com arranhões na testa e nas mãos, como se indicassem que ela acordou presa no caixão e tentou sair, o que acabou causando as escoriações e explicaria o fato dela estar virada para baixo. O corpo dela, segundo as informações, também estava quente, o que indicaria que ela havia morrido há poucas horas, não há mais de uma semana.

Moradores vizinhos ao cemitério onde a mulher estava enterrada ouviram gritos vindos de dentro do túmulo, e resolveram avisar a família, que ao chegar no local teriam escutado dois gemidos vindos do interior do sepulcro. Natalina da Silva, uma dona de casa que teria ouvido os sons estranhos, conta como aconteceu: “Quando eu cheguei bem ali em frente, eu ouvi batendo ali dentro. Aí eu pensava que era brincadeira dos meninos, que os meninos só vivem aqui dentro [do cemitério] brincando… Aí gemeu duas vezes, com as duas gemidas ela parou”, lembra.

Túmulo foi violado pelos familiares no último dia 09.

Segundo a certidão de óbito da mulher, ela faleceu devido a um choque séptico. O Hospital Oeste, que atestou a morte, disse por meio de sua assessoria de comunicação que está à disposição das autoridades para dar todas as explicações possíveis para o caso. A Polícia Civil da cidade está investigando o que pode ter acontecido.

A família lamenta e espera que tudo seja esclarecido. Germana de Almeida, mãe da falecida, lembra do momento em que desenterrou a filha: “Até aqueles preguinhos que estavam em cima [do caixão] estavam soltos. A mãozinha tava ferida, como quem estava arrumando assim… arrumando o caixão para sair”, contou.

Tadeu Ribeiro

tadeuribeiro@portaldt.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...