domingo, 24 de dezembro de 2017

MP ameaça rede de supermercados por distribuir devocional de Hernandes Dias Lopes que valoriza a família



Na última sexta-feira (22), a rede Hirota Food Supermercados, foi obrigado pelo Ministério Público do Trabalho de São Paulo, a suspender a distribuição de um devocional escrita pelo Reverendo Hernandes Dias Lopes, que valoriza a família tradicional e condena a pratica gay, o aborto e sexo fora ou antes do casamento.

Para piorar a situação, o Ministério Público e a imprensa, tem distorcido o conteúdo do devocional, classificando como “cartilha”.

Segundo o Portal G1, o MP, afirmara que tomara medidas judiciais caso a empresa descumpra essa “ordem”. Pois a Promotoria teria considerada o conteúdo da ‘cartilha’ como “discriminatória”.


O devocional denominada como “Cada Dia Especial Família de 2017″, que teve uma tiragem de 10 mil exemplares, tem em seu conteúdo 31 mensagens escritas por um dos pastores mais respeitados do Brasil, que tem pregado a Palavra de Deus e trabalhado em defesa dos valores da família. Os textos, discorrem assuntos sobre casamento, relação entre pais e filhos e até mesmo dívidas da família.


A notificação enviada pelo MP ao supermercado também exige que os devocionais já distribuídas sejam retiradas de circulação e que a empresa deixe de produzir conteúdo desse tipo e o divulgar em suas lojas, site ou redes sociais.

O que diz o Supermercado e o Reverendo Hernandes Dias Lopes sobre o assunto

No Brasil e em todo mundo, tornou-se normal quando alguém se manifesta contra a pratica Gay, essa pessoa é censurada e punida de alguma maneira. Pois parece que os homossexuais possuem uma “blindagem” especial, que os torna intocáveis.

Quando começou a repercutir nas redes sociais, o movimento em favor dos gays contra o supermercado, a rede Hirota Food publicou uma nota em sua página, lamentando “qualquer transtorno que tenha causado pela distribuição da cartilha da família”. “Reiteramos que em momento algum tivemos a intenção de polemizar, ofender ou discriminar qualquer forma de amor”, dizia o texto.

Já o Reverendo Hernandes Dias Lopes, usou sua página no Facebook para publicar uma nota de esclarecimento, dizendo que: “Em virtude da polêmica gerada pela distribuição do devocionário CADA DIA FAMÍLIA de nossa autoria, pelo Super Mercado Hirota, queremos aqui declarar nossa solidariedade ao Supermercado e esclarecer dois pontos: Primeiro, esse livreto não é uma cartilha, conforme vem sendo divulgado na mídia, mas um devocional mensal editado pela LPC com mensagens cristãs. Segundo, nunca foi nem será nosso propósito polemizar ou atacar pessoas que pensam diferente de nós. Nosso compromisso é com os valores cristãos, conforme estabelecidos na Palavra de Deus, nossa única regra de fé e de prática. Para que todos tenham conhecimento do conteúdo pleno do livreto distribuído, disponibilizamos aqui, o texto na íntegra. No amor de Cristo, nosso único Redentor. (LEIA O LIVRETO NA ÍNTEGRA CLICANDO AQUI) – Hernandes Dias Lopes.”
Ministério Publico força e ameaça supermercado em favor da causa gay

Segundo o G1, o MP enviou oito recomendações à rede, incluindo impedir qualquer distinção, exclusão, limitação ou preferência que cause discriminação de trabalhador potencialmente candidato ao preenchimento de vagas ofertadas pela empresa, devido a discriminação como de gênero, orientação sexual ou por arranjos familiares entre as pessoas.

“ [O MP exige que a rede de supermercado] assegure a plena e efetiva igualdade entre mulheres e homens em seu ambiente de trabalho; que garanta o respeito à liberdade de religião, credo, de gênero e orientação sexual em seu ambiente de trabalho e da mesma forma respeite identidade de gênero, orientação sexual e forma de agir de todas as pessoas.”

PortalPadon

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...