sábado, 30 de dezembro de 2017

“A igreja trata pessoas com depressão como se tratavam os leprosos nos tempos bíblicos”

Para ele, é injusto os pastores dizerem que os cristãos que sofrem com depressão "não colocaram Jesus no centro de suas vidas"

Até recentemente Perry Noble era pastor de uma das igrejas que mais cresce nos Estados Unidos. Fundada por ele em 2000, a NewSpring, sediada na Carolina do Sul, é uma megaigreja que possui mais 33 mil membros, espalhados em 14 "igrejas satélites" – onde acompanham os cultos por telões em tempo real.
Contudo, após uma série de problemas, Noble acabou demitido em meados do ano passado. Ele sofria de depressão aguda e acabou revelando que tinha problemas com álcool. Após procurar tratamento, disse estar restaurado. Este mês ele fundou um ministério 'diferente', chamado de Second Chance Church [Igreja da Segunda Chance], que por enquanto funciona apenas pela internet, mas ele afirma que em breve irá ter um templo físico.


Apesar de controverso, ele continua sendo bastante influente, escrevendo livros e artigos. Também possui muitos seguidores nas redes sociais. Esta semana, gravou um vídeo rebatendo críticas que um pastor – que ele preferiu não identificar – fez em relação a quem está na igreja e vive deprimido. Segundo Noble, é injusto os pastores dizerem que cristãos que sofrem com depressão "não colocaram Jesus no centro de suas vidas".
Declarou ainda: "Por muito tempo, a comunidade cristã tratou as pessoas com depressão da mesma maneira que o tratavam os leprosos nos tempos bíblicos". Após fazer uma longa lista dos motivos pelos quais discorda que "há algo de errado" com cristãos depressivos, rejeitou os argumentos comuns que essas pessoas precisavam apenas "orar mais", "ler mais a Bíblia" ou "ir a igreja com mais frequência".
O principal ponto levantado pelo pastor Noble, que viveu esse problema por muito tempo, é que algumas pessoas simplesmente possuem "um desequilíbrio químico no cérebro". Portanto, elas precisam de cuidado e não de acusações.
"Dizer a alguém que luta contra a depressão que ela está assim porque Jesus não está no centro de sua vida é o mesmo que dizer a alguém com câncer que ela tem essa doença porque Jesus não está no centro de sua vida", comparou.
Admitindo que o tema lhe incomoda, pois enfrentou isso diariamente por mais de uma década, revelou que, em alguns momentos, chegou a pensar em suicídio. Por isso mesmo acredita que quem está "de fora" tem muitas dificuldades para entender o que as pessoas realmente sentem.
Afirmando estar plenamente recuperado da depressão e livre do álcool, Nobre ressaltou que o nome de sua nova igreja tem o objetivo de mostrar que "as segundas chances não são apenas para algumas pessoas, são para todas".
Ele testemunha que é possível alguém "sentir-se deprimido e ao mesmo tempo desejar muito a presença de Jesus". "Estar deprimido não significa que você é um ímpio e ponto final", resume.
"Acredito que as pessoas que dizem o contrário são muito orgulhosas e arrogantes. Elas deveriam passar algum tempo olhando-se no espelho ao invés de olhar para os outros julgar, ou dizer coisas que simplesmente mostram o seu nível de ignorância!", disparou, enfatizando que problemas de saúde mental é apenas uma dentre as muitas consequências da queda do homem.
O pastor disse que "parte o seu coração" imaginar todas as pessoas que acabam "desfocadas em sua jornada espiritual" quando ouvem que não podem ser considerados "crentes de verdade" por sentirem-se deprimidas.
Ele faz questão de enfatizar que os cristãos deprimidos precisam lembrar que "nunca estão sozinhos". Fez então um desafio, pedindo aos pastores "pelo amor de Deus, façam de sua igreja um refúgio para quem lida com a depressão, não uma câmara de tortura".
Compartilhando suas próprias experiências, Noble disse: "Houve épocas em que me sentia perto de Cristo e outras vezes me perguntava se ele tinha esquecido completamente de mim ou não". Para ele, a melhor solução é as pessoas verem o Senhor na "comunidade, um grupo de pessoas que te amam, te aceitam e andam com você – não importa o quanto a sua vida esteja bagunçada".
Citando Romanos 12:15, lembrou que na Bíblia e exorta os cristãos a "Alegrarem-se com os que se alegram e chorem com os que choram".
Também deu um recado aos deprimidos. "Ficar em silêncio é a coisa mais perigosa". Além de orações e uma conversa com seu pastor ou líder, "aconselho você a procurar ajuda de um profissional".
Finalizou com uma palavra de estímulo: "Isso não significa que você não tem fé! Não permita que ninguém o desqualifique por causa disso".
Com informações de Christian Post via Gospel Prime

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...