terça-feira, 10 de outubro de 2017

“Depravação moral é um dos três sinais da volta de Cristo”, diz pastor



O pastor João Abrantes Viana, da Assembleia de Deus Madureira, se mostrou bastante preocupado com a avalanche de depravação moral que tem se espalhado pelo país, como as recentes polêmicas envolvendo exposições de arte, a defesa delas por parte da classe artísticas e a prática do ecumenismo.
De acordo com o pastor João Abrantes ao site JM Notícia, essa depravação no Brasil e no mundo sinaliza a volta de Cristo e ele cita três sinais de que o fim está próximo, tendo como base o capítulo 24 do livro de Mateus, o pastor explica os sinais:

1º Sinais no céu e na terra – Nunca o mundo teve tantas catástrofes como agora com vários furacões, enchentes, terremotos e outros.

2º Ecumenismo – Nunca houve tanto alinhamento de ideias cristãs pregando o mesmo foco: que o homem é detentor de todo o direito de viver feliz aqui na terra e que Deus é obrigado a lhe dar tudo o que quiser.

3º Depravação moral, que é a única forma de tirar a igreja da Terra. É a igreja que detém a moral e é a igreja que tem o respeito e os bons costumes.


“Tudo isso é fundamentado nas ideias anticristãs, ou do anticristo que em breve será apresentado à humanidade. Antes do arrebatamento da igreja, assim eu creio como pastor”, declarou Abrantes que também é professor, além de ser graduando em direito, pós-graduado em políticas públicas.

Ainda segundo o pastor, essa depravação tem como objetivo alcançar as crianças que é a geração que está surgindo e que poderá abraçar essas ideias. “Essas coisas me preocupam”, declara o religioso.

Mas o pastor João Abrantes está ciente que todas essas coisas fazem parte do plano de Deus e preparam o caminho da volta de Cristo. “Isso é necessário que aconteça para que Jesus volte para buscar sua amada Igreja que tanto o espera aqui na Terra”.

Jm Noticia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...