quinta-feira, 9 de março de 2017

As filhas de Zelofeade.(Nm.27.1-7) - Por Marlon Araújo



Nesta semana se comemora o dia internacional da mulher,um dia muito reivindicado pelas classes feminina e masculina, aonde a principal reivindicação é os direitos das mulheres.
Ao longo da história, as mulheres estiveram sempre subjugadas as vontades dos homens, e razão desses e tantos outros modos de discriminação, as mulheres se uniram para buscar maior respeito aos seus direitos, ao seu trabalho e a sua vida.
A discriminação era tão séria que chegou ao ponto de operárias de uma fábrica têxtil serem queimadas vivas, presas á fábrica em que trabalhavam em Nova Iorque.
Porem, em 8 de março de 1910, aconteceu na Dinamarca uma conferência internacional feminina, onde assuntos de interesse das mulheres foram discutidos, além de decidirem que a data seria uma homenagem aquelas mulheres mortas carbonizadas.
No governo do presidente Getúlio Vargas as coisas no Brasil tomaram outro rumo; com a reforma da constituição em 1932, as mulheres brasileiras ganharam os mesmo direitos trabalhista que os homens; o direito ao voto e a cargos políticos do executivo e do legislativo.
Gileade era bisneto de José através de Manassés; (Gn 48.14-20). algumas gerações mais tarde, um dos netos de Gileade teve 5 filhas, esse era Zelofeade um homem que sabia do contexto machista da sua época, aonde era difícil ser mulher, não tinha muita diferença entre uma mulher e uma pulga.
Elas que não foram contadas no recenseamento, sem terem direitos a herança, se atreveram a procurar Moisés, elas sabiam que não podia se dirigir ao um homem, nem a um sacerdote muito menos a Moisés.
Mais elas sabiam que uma pulga ou é morta, ou enlouquece qualquer cachorro sistemático e moralista, como era a regra de todo oriente da sua época.
Elas foram até a porta da tenda, lugar aonde se resolvia qualquer problema, com muita ousadia, elas pediram ao conselho presente: os príncipes, o povo, o sacerdote Eleazar, e a Moisés.
Mais aqui Moisés que era um homem tremendo não resolveu a questão dessas mulheres; e levou a sua causa para o SENHOR, e o SENHOR falou: ELAS FALAM O QUE É JUSTO.
Se hoje as mulheres tem seu dia, tem seus direitos, tem seus espaços, graças a DEUS e também as FILHAS DE ZELOFEADE; elas não ficariam sem herança, sem terras mais elas queriam eram preservar o nome do seu pai, elas chegaram a presença do homem de DEUS e disseram o NOSSO PAI.
O homem faz parte da criação, mais a mulher faz parte do mistério da criação, DEUS fez a mulher através do mistério do sono do homem, o homem foi feito do barro, a mulher foi feita do osso, JESUS colocou a mulher no seu lugar de direito.
Enquanto Israel estava nas planícies de Moabe atravessando o Jordão para Jericó, aonde as tribos foram contadas para receberem a sua própria herança, as filhas de zelofeade pleitearam seus direitos, esse foi o 1º exemplo nas ESCRITURAS de mulheres diante dos juízes e lideres da nação querendo somente o que é seu por direito; e DEUS aprovou o que era certo e justo em relação as FILHAS DE ZELOFEADE.
SHALOM LA-RHEMA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...