terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Pastor luterano é brutalmente assassinado no Paraná: “Meu coração está destruído”



A irmã do pastor Augusto Riss, se pronunciou pela primeira vez sobre a morte do irmão, encontrado morto no sábado (18) no bosque do Índio, em Umuarama.

Neste domingo (19), por rede social, Marcia Riss destacou o companheirismo do irmão. “Meu doce e querido irmão. Meu cuidador, meu protetor, meu amigo. Meu conselheiro minha presença certa em todas as horas incertas. Meu porto seguro, meu amor, meu exemplo de vida, de amor e de boas atitudes. O que dizer? As palavras ensaiam e não traduzem tudo aquilo que você foi pra mim, nem tão pouco a dor que sinto neste momento”, escreveu.

Ela também aproveitou a ocasião para ressaltar a brutalidade do crime e de agradecer o amor do irmão. “Muita, muita crueldade o que fizeram a você, pessoa de um coração tão puro, sem maldade, sem malícia e repleto de amor. Só posso agradecer a Deus a honra e alegria de tê-lo como meu irmão e todo o amor e carinho que recebi de você desde pequenininha quando você se preocupava em brincar comigo e não me deixar só. Devo muito do que sou a você. Obrigada por tudo que fez por mim, sem medir esforços”, pontuou.


Marcia Riss fez uma emocionada despedida ao irmão. “Obrigada por me amar e por ter cuidado de mim uma vida inteira. Meu coração está destruído, mas sei que Deus em Sua Santa e infinita bondade e misericórdia me dará forças para prosseguir minha vida sem você. Obrigada por tudo! Vá em paz meu grande amor, meu irmão querido”, complementou.

O caso

O corpo do pastor da Igreja Evangélica Luterana do Brasil foi localizado na tarde do sábado na principal reserva de mata da cidade. Ele estava desaparecido desde quinta-feira (16), quando deixou a casa da irmã que visitava para um passeio pela cidade. Líder de uma das igrejas luteranas em São Paulo, o pastor já residiu em Umuarama, onde deixa grandes amigos.

Conforme informações preliminares da Criminalística da Polícia Civil, o corpo do pastor apresentava muitos ferimentos, provavelmente provocados por pauladas, que também devem ser a causa da morte. A polícia já investiga o crime e não existem causas conhecidas sobre a sua motivação.

(PortaldaCidade)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...