segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Vice-presidente Nacional da Assembleia de Deus conclama fiéis a enfrentarem crise financeira ajudando uns aos outros

O 5º vice-presidente Nacional das Assembleias de Deus, pastor Amarildo Martins alertou os fiéis de sua Igreja no último sábado, 10, durante um Culto de Santa Ceia que reuniu mais de 6 mil pessoas, no Jardim Aureny III, em Palmas, a tomarem medidas Bíblicas para amenizar a crise financeira enfrentada no País nos últimos anos e que vem se agravando nos últimos meses.
Na oportunidade, o vice presidente conclamou os fiéis assembleianos a ajudarem uns aos outros em meio à crise financeira que assola o País. “Estive buscando a Deus durante três dias de orações pedindo direção de Deus para a igreja em 2017 e este será o ano da “benevolência”, onde a Confederação de Irmãs Beneficentes Evangélicas (CIBE), presidida pela pastora Maria Barbosa será a responsável pela execução da obra social em todo o campo da nação Madureira em Palmas”, afirmou.
O líder assembleiano também fez uma comparação entre a crise em diferentes gestões no País. “Hoje a crise é diferente, não temos dinheiro, naquele tempo não tínhamos coisas para comer. Eu não sei se alguém se lembra aqui daquele tempo. Eu pegava uma fila com cerca de mil metros de distância para comprar um frango, a gente tinha dinheiro, mas só podia levar uma lata de óleo, para levarmos mais de uma lata de óleo, minha esposa tinha que pegar outra fila”. Disse pastor Amarildo, referindo-se a gestão do ex-presidente José Sarney e a crise enfrentada pelo governo Michel Temer (PMDB).
Ainda segundo Amarildo, mesmo com essa diferença, todos podem fazer alguma coisa para amenizar as dificuldades do próximo. “A crise do passado é diferente da crise atual, mas todos nós podemos fazer alguma coisa pelas pessoas menos favorecidos, seja com ações ou doações de bens e serviços”, pontuou, conclamou que os evangélicos ajudem ao próximo.


Ao JM Noticia, o pastor Gizelson Monteiro, líder da AD 22 em Palmas, também comentou o assunto. “Em época de escassez, o povo de Deus que é alimentado divinamente por Deus tem sempre algo para partilhar com o próximo, isto porque a Igreja está firmada na Pedra, Jesus Cristo, especialista em prover o povo no deserto”, disse.

A Crise
O Brasil vive atualmente uma de suas maiores crises financeira já vista nos últimos anos. São milhares de empresas fechando às portas, milhares de desempregados e até governos estaduais passando arrojo para pagar a folha de pagamento.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o consumo das famílias voltou a retrair no terceiro trimestre e caiu 0,6% em relação ao trimestre anterior, a sétima queda consecutiva. O dado reflete um desemprego que já soma 12 milhões de pessoas sem trabalho – 3,6 milhões a mais do que há um ano-, a oferta perde força e as empresas investem cada vez menos.
Fonte: JM Noticia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...