quarta-feira, 4 de maio de 2016

Valdemiro lança campanha do duplo dízimo para alcançar dupla honra


O sensacionalismo do conhecido “apóstolo” Valdemiro Santiago parece não ter fim. O líder e fundador da Igreja Mundial do Reino de Deus utiliza o gênero do tele evangelismo para “angariar” fundos daqueles que, infelizmente, dão credibilidade as suas palavras carentes de embasamento bíblico.
A novidade de Valdemiro é a campanha “Mês de maio! O mês de sua vitória financeira”. Para quem não conhece, poderia até acreditar que a convite seria para uma palestra motivacional ou algum workshop para empresários desenvolverem técnicas empreendedoras revolucionárias, mas não. Tudo não se passa de uma técnica ilusória para enganar pessoas em desespero devido às crises da vida.
Durante o programa exibido durante o mês de abril, o cenário era montado “convidando” as pessoas a apresentarem seu dízimo em dobro no mês de maio. O chamado também se estendia para a participação do culto para receber “a unção com óleo da dupla honra no altar”.
Para aqueles que se chocam com essa atitude mercantilista do evangelho, saibam que esse tipo de apelo da Igreja Mundial já é bastante recorrente. No portal oficial da igreja é possível perceber as “jogadas” que induzem as pessoas a enxergar Deus como um ser de “trocas”. Por exemplo, para participar da campanha da “multiplicação” você deverá inicialmente fazer um “depósito de fé” na conta de Valdemiro de R$ 50,00. Em outra atividade “religiosa” surge “os 300 valentes de Gideão”, onde, incrivelmente para participar, é necessário adquiri um carnê.
A Igreja Mundial tem desenvolvido práticas heréticas e sem nenhum embasamento bíblico desde a sua fundação. Um exemplo registrado do “apóstolo” utilizando o meio das “recompensas” para atrair pessoas desesperadas pode ser acompanhada no vídeo abaixo:
 odavia, essa não é a postura de um líder segundo as Escrituras. Entre as características de um pastor listadas pelo apóstolo Paulo, está a não avareza (1 Tm 3:3). Além disso, a Bíblia também apresenta o dízimo como sendo apenas a décima parte da renda (Lv 27:30-34), que deve ser usada para mantimento da casa de Deus (Ml 3:10) – ou seja, para a manutenção do funcionamento da igreja, para o sustento (e não luxo) dos pastores (1 Co 9:13-14) e para o socorro dos necessitados (1 Co 16:1-3). Em nenhum momento, a contribuição financeira no ambiente da Igreja de Cristo é apresentada, na Bíblia, como um momento de barganha com Deus: é um sinal de agradecimento a Ele pelas provisões que Ele já concedeu.
Com informações Consciência Cristã

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...