quinta-feira, 19 de maio de 2016

O Profeta Jadom e o profeta velho. 1Rs.13. 18 - Por Marlon Araújo

 
Existi um livro que 2º o mestre Antonio Gilberto é o livro mais lido depois da Bíblia pelos crentes..
Me refiro a um livro que muitos crentes tem em casa para enfeitarem suas estantes, mais que nunca leram ele todo; (o pior analfabeto é aquele que sabe ler mais não ler), por isso eu irei falar o livro, o cap, e a pagina.
O livro é Historia dos Hebreus de Flávio Josefo, o capítulo é o 2º do seu nono livro, e a pagina é 403 da obra completa de Josefo.
Flávio Josefo afirma que o nome do Jovem Profeta é Jadom. 
Aquele jovem profeta recebeu uma ordem clara de Deus: deveria ir a Betel e entregar a mensagem de Deus ao rei Jeroboão, não comer pão nem beber água e regressar por outro caminho. Após ver que de fato aquele jovem era enviado de Deus, o rei convidou-o para jantar em seu palácio. O rapaz recusou, pois, viu naquilo somente uma tentativa do reino das trevas de fazê-lo desobedecer às ordens de Deus. O idólatra rei Jeroboão se tornou um óbvio instrumento maligno e o rapaz facilmente percebeu isso. Mas, nem toda armadilha é tão facilmente perceptível...
Ali em Betel, morava um velho profeta que foi se encontrar com o rapaz. Ele veio lhe fazer o mesmo convite: vir até sua casa jantar com ele. O velho profeta ainda disse que um anjo de Deus o havia enviado até ali para fazer aquele convite ao jovem. Desta vez, o rapaz atendeu ao convite e foi terminar seu jejum antes da hora. O rapaz caiu na armadilha.
Tarde demais, aquele jovem percebeu que o diabo não usa somente reis e príncipes deste mundo, ele usa também “profetas”. Infelizmente, pessoas que se dizem mensageiros de Deus e possuidores de grande experiência também são capazes de sentir inveja e então, acabam se tornando mensageiros não de Deus, mais, do pai da mentira.
Muitos são os que resistiram firmes aos ataques de fora pra dentro, mas, não souberam distinguir os ataques sedutores de dentro para fora. É necessário ter-se uma mente firme e também discernimento espiritual. Só os que caminham próximos ao Pai sabem que Ele não dirá uma coisa para, em seguida, enviar um anjo para dizer outra. Ele não é Deus de confusão. O vento forte, o fogo e o terremoto, por mais espetaculares que sejam, talvez não tenham nada de Deus (1 Re 19.11,12). A voz tranquila e suave pode ser simples, mas nela pode estar a palavra de Deus. O apóstolo amado, sobre isso, nos disse duas coisas. Primeiro nós temos dentro de nós a unção do Santo que, com sua voz suave, testificará dentro de nós todas as coisas (1 Jo 2.27). Segundo, ele disse para não darmos crédito a todo espírito, mas provarmos para ver se eles vêm de Deus (1 Jo 4.1).
O jovem profeta foi morto por um leão por se deixar levar pelas mentiras de um velho profeta invejoso. Tomemos cuidado, pois há um leão bramando buscando a quem possa tragar (1 Pe 5.8). E este leão é muito mais perigoso quando vem com linguagem religiosa, semblante piedoso e cheio de “sonhos e visões” (Cl 2.18). Este leão visa a todos, mas, principalmente a nova geração de profetas que se levanta.
Não sejamos ingênuos, pois, crer é uma coisa, ser crédulo é outra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...