quinta-feira, 12 de maio de 2016

Morre homem que teve corpo queimado após “brincar de Lúcifer” com amigo


Morreu na última quarta-feira (4), Cláudio Rosa, de 56 anos, que estava internado no Hospital da Vida, em Dourados, cidade localizada em Mato Grosso do Sul. Durante uma brincadeira com um amigo na segunda-feira (2), Cláudio teve 80% do corpo queimado e estava internado em estado grave.
O autor do acidente, de 48 anos, que teve queimaduras nas costas, disse que a casa onde moravam pegou fogo e eles teriam se queimado, mas depois afirmou aos policiais que ele teria colocado fogo em colchão e as chamas se propagaram pela casa. Ele conseguiu sair pela janela depois que vizinhos o ajudaram.
Segundo o hospital, na terça-feira (3), Cláudio permanecia inconsciente e em estado grave e não foi transferido para a Santa Casa de Campo Grande por falta de leito disponível. A Santa Casa possui unidade de tratamento de queimados que é referência em atendimentos.

Relembre o caso

De acordo com o registro policial, Cláudio e um amigo estavam na quitinete onde moram no Jardim Itália, quando tudo aconteceu. Segundo o autor, Célio Novaes Tomaz, de 48 anos, que foi preso em flagrante, os dois haviam ingerido bebida alcoólica e em determinado momento resolveram “brincar de Lúcifer”. “Tínhamos bebido pinga, e estávamos brincando de Lúcifer, então botei fogo no colchão dele”, disse Célio.
Ainda segundo o registro, o fogo tomou conta do corpo de Cláudio, que estava deitado no colchão, e se alastrou para todo o imóvel. Célio apresentou queimaduras leves nas costas e Cláudio foi encaminhado para o hospital com 80% do corpo queimado. Célio responderá pelos crimes de incêndio e tentativa de homicídio, de acordo com a polícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...