sábado, 23 de abril de 2016

O Bálsamo de Gilearde - Por Marlon Araújo

 
Gileade, uma região pedregosa, de território montanhoso, ao oriente do Jordão; um terreno acidentado, rico em florestas.
As caravanas, concorriam a Gileade. Ricos comerciantes e enviados de reis e rainhas, pessoas comuns, ião em busca do milagroso bálsamo.
A goma aromática com poderes medicinais, não era barata, com sacrifício, podiam adquiri-la.
As mulheres, principalmente do Egito, cobiçavam o precioso liquido que perfumava a pele e os cabelos.
O Bálsamo de Gileade, era especiaria de luxo, presente valioso, suas folhagens, são muito perfumadas e exalam goma ou resinas, que se faz um óleo essencial, da cor de ouro, com cheiro penetrante de âmbar.
Muito utilizado em incensos e embalsamentos desde a antiguidade. Atualmente, é um ingrediente de perfumaria, usado em incensos.
Um rico comércio circulando, com dinheiro e uma cara mercadoria; entretanto o povo, empobrecia espiritualmente, a nação não busca o SENHOR; preferia dar ouvidos aos falsos profetas que anunciavam paz, quando o tempo era de guerra.
Israel, rejeitava a correção; não buscava cura, porque não se reconhecia doente, esse é o pior doente que existe!
DEUS estava perto da nação; mas a nação distante, e o SENHOR pergunta: Não está o SENHOR em Sião??
Jeremias, usa então, uma metáfora, apontando para Gileade, com seu bálsamo, seus médicos e suas curas.
Israel, precisava ir a Gileade, mesmo tendo sido tão rebelde, sempre haverá cura para os que se voltam a Gileade!
A cura, estava bem ali. Na própria nação; os Egípcios recorriam a Gileade, chegavam a pagar o dobro do preço pela mercadoria.
Israel, contudo, mesmo doente, desperdiçava o produto em vãs oferendas a baal, a nação relutou em buscar a verdadeira cura.
Até que chegou a fome, a peste, a guerra, a morte e o cativeiro, para muitos, já não haveria cura, escolheram assim.
Os muitos remédios, que os Israelitas usavam, não foram capazes de promover cura; porque não estavam buscando no lugar correto.
Gileade, era um lugar de Valentes, suas montanhas, abrigaram muitos exércitos, ali, se refugiaram Davi, Saul e o exército de Gideão.
De Gileade também surgiu um dos homens da Bíblia que eu mais gosto o profeta Elias.
Então eu vejo que Gileade era um lugar de pessoas dispostas a vencerem, pessoas que não se conformam com o mal.
A planta sofre para minar o precioso líquido; as vezes, é raspada, quebrada e até morta, ela se doa, para que outros tenham vida.
Foi assim com JESUS, ELE entregou sua vida, derramou seu sangue, em favor de muitos, NELE temos cura da alma! 
Nesse tempo de pessoas doentes espirituais, que a indagação de Jeremias soe para nós, como uma cobrança!
Corramos para esse bálsamo, porque lá existe o ÓLEO, OS VALENTES, E O PROFETA, E TAMBÉM O MÉDICOS DOS MÉDICOS!
 Marlon Araújo.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...