quarta-feira, 16 de março de 2016

Após se opor à distribuição de Bíblias, ateus querem doar livros satânicos nas escolas


Depois de se opor à distribuição de exemplares da Bíblia Sagrada nas escolas, realizada pelo grupo Gideões Internacionais, a organização ateísta “Freedom From Religion Foundation” (“Fundação Livre de Religião”, em português) quer distribuir uma literatura satanista aos estudantes.
Em um colégio do estado norte-americano de Colorado, em dezembro do ano passado, um professor informou aos alunos que os Gideões deixaram uma pilha de Bíblias para serem distribuídas na saída da aula.
Se opondo à ação missionária, um estudante fotografou a fila de livros e a enviou à sua mãe. Depois disso, ela entrou com contato com a FFRF, alegando que os alunos que não pegaram a Bíblia foram intimidados por outros estudantes.
De acordo com o grupo ateu, o fato de as Bíblias estarem disponíveis na saída da aula viola a separação entre Igreja e Estado.
Por outro lado, no dia 29 de fevereiro, o advogado do distrito escolar respondeu à acusação, alegando que "não desqualificava os Gideões de tornarem seus materiais disponíveis", e explicou que qualquer erro na forma de distribuição das Bíblias eram de responsabilidade da escola, e não dos missionários.
O advogado também sugeriu que o FFRF poderia enviar todos os seus materiais à escola para também serem disponibilizados aos alunos. "Vocês podem deixá-los nas escolas, assim como os Gideões fazem, e voltar depois para retirar as sobras", escreveu o advogado Aaron Clay.
No entanto, essa proposta não foi suficientemente boa para FFRF, que tinha o objetivo único de impedir o acesso dos estudantes às Bíblias.
Em uma carta enviada no dia 3 de março ao distrito escolar, Andrew Seidel, da FFRF, solicitou que o grupo ateu distribuísse não apenas literaturas de livre-pensamento, mas também um livro satânico para colorir — fornecido pelo Templo Satânico — que combate a "mensagem de condenação eterna dos Gideões para quem não acredita em Deus".
No ano passado, os tribunais trabalharam contra a distribuição de Bíblias nas salas de aula. Desde então, os Gideões passaram a modificar sua abordagem, entregando os textos sagrados nas ruas das escolas. Eles também deixam a literatura bíblica nas escolas, sem fazer contato com os alunos.
Fonte: http://www.cpadnews.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...