quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

“Êxodo: deuses e reis”: sucesso nas bilheterias puxa fila de novos “filmes bíblicos”


O longa-metragem épico “Êxodo: deuses e reis”, estreou nos Estados Unidos liderando a bilheteria e desbancando o blockbuster “Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1”.
O filme que narra a luta do povo hebreu para ser liberto do tempo de cativeiro no Egito e a fuga através do Mar Vermelho acumula, até a última atualização, mais de US$ 38,9 milhões. Somente no fim de semana de estreia nos Estados Unidos o valor alcançou US$ 24,1 milhões.
No Brasil, a estreia está prevista para acontecer no feriado de Natal, dia 25 de dezembro, mas algumas salas já exibiram sessões de pré-estreia.
Dirigido por Ridley Scott, o filme esbanja da liberdade artística para dar forma à narrativa bíblica das pragas, da batalha entre hebreus e egípcios, e ao encontro entre Moisés e Deus na sarça ardente.
De acordo com o jornalista Marcelo Perrone, do jornal Zero Hora, o diretor “reforça a atemporalidade de questões ancestrais como a luta contra a tirania e o embate entre razão e fé”, e aproveita para destacar que “os grandes movimentos transformadores empreendidos pelo homem em sua história foram forjados a ferro, fogo e sangue”.
Os produtores descobriram que, além da natural atração das pessoas por ver nas telas personagens conhecidos da Bíblia Sagrada, existe ainda uma riqueza narrativa grandiosa nos relatos das Escrituras.
“Golias” é um dos filmes que estão sendo produzidos, além de “Maria”, que contará a história da virgem que trouxe o Filho de Deus ao mundo; “Jesus de Nazaré”, que deverá ser dirigido pelo polêmico Paul Verhoeven e pretende mostrar Jesus como o fruto de um estupro de um soldado romano; e por fim, “Pôncio Pilatos”, escrito pela roteirista brasileira Vera Blasi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...