quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Pastor Silas Malafaia e Marina Silva são listados entre os mais influentes do Brasil pela Época


A revista Época divulgou sua tradicional lista das 100 pessoas mais influentes na sociedade brasileira durante o ano que se encerra, e o pastor Silas Malafaia e outras figuras do meio evangélico foram listados.
O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) já havia sido mencionado nos anos de 2011 e 2012, e agora retorna à seleção da revista.
Nesse ano de eleições, Malafaia voltou a figurar no cenário nacional por causa dos apoios manifestados a candidatos de oposição à presidente Dilma Rousseff (PT).
No primeiro turno, apoiou o pastor Everaldo Pereira (PSC-SP), que teve sua candidatura ofuscada por Marina Silva (PSB), que foi alçada ao posto de cabeça de chapa da coligação Unidos pelo Brasil após a fatídica morte de Eduardo Campos (PSB) e também é mencionada na lista de Época.
Marina, aliás, chegou a liderar as pesquisas de intenção de voto para o segundo turno, mas se viu alvo de ataques intensos do PT. Toda a artilharia usada pelos apoiadores de Dilma surgiu após o episódio em que o pastor Malafaia questionou propostas para a comunidade LGBT no programa de governo de Marina Silva.
Embora a ex-senadora e ex-ministra negasse que as publicações de Malafaia no Twitter a tivessem influenciado na decisão de rever as propostas à comunidade LGBT, os adversários políticos decidiram usar o episódio para confrontar sua candidatura, e ela terminou fora do segundo turno, manifestando apoio a Aécio Neves (PSDB).
Outros evangélicos que surgem na lista são o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), membro da bancada evangélica e pré-candidato de seu partido para a presidência da Câmara dos Deputados; e o jogador Neymar, atacante do Barcelona e da Seleção Brasileira.

Marina

Após receber 22 milhões de votos e ficar em terceiro lugar na disputa para a presidência da República, a missionária assembleiana foi eleita pela revista FT Magazine, publicada pelo influente e tradicional jornal britânico Financial Times, como a mulher mais influente da política mundial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...